Vasco é goleado pelo Avaí em São Januário e sai do G-4 da série B

Vasco é goleado pelo Avaí em São Januário e sai do G-4 da série B

O torcedor que foi ao estádio de São Januário neste sábado para assistir ao jogo entre Vasco e Avaí, pela Série B do Brasileiro, saiu com a certeza de ter visto a maior vergonha vascaína na atual temporada e uma das maiores na sua recente história. O Cruz-Maltino foi derrotado pelo Avaí por 5 a 0, numa atuação irreconhecível e sem nenhum lampejo de bom futebol.

O time de Adilson Batista sofreu com a bola parada do adversário, teve jogador expulso e ainda perdeu um pênalti com Douglas. Com o resultado, o Vasco sai do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, ficando com 32 pontos, na quinta colocação. Já o Avaí assume a liderança provisória da competição, com 34 pontos. Na próxima rodada, a equipe carioca enfrenta o América-MG, no Independência, no sábado. No mesmo dia, os catarinenses recebem o América-RN, na Ressacada.

PRIMEIRO TEMPO COM APAGÕES NAS BOLAS AÉREAS

Os primeiros 45 minutos foram de baixíssima qualidade técnica, pelo menos até a metade da etapa. Do lado do Vasco, os únicos momentos de perigo ao gol do Avaí foram em erros da defesa do time catarinense. Primeiro, o lateral-esquerdo Marrone tentou sair jogando dentro da área e jogou a bola no pé de um adversário.

Apesar do Vasco não conseguir o gol no lance, o time se animou e pressionou o rival por um tempo. Porém, o jogo esfriou e aí foi a vez da zaga do Cruz-Maltino começar a falhar. Aos 37 minutos, Diego Jardel levantou a bola para a área, Pablo ajeitou, e Anderson Lopes finalizou. Quatro minutos depois, em nova bola aérea, Martín Silva rebateu o cruzamento de forma errada e a bola caiu nos pés de Diego Felipe, que só teve o trabalho de empurrar para a rede.

DOUGLAS PERDE PÊNALTI E VASCO LEVA GOLEADA

No intervalo, Adilson tirou o inoperante Guilherme Biteco e tentou mudar o ataque com a entrada de Rafael Silva. O atacante até fez um gol, que foi anulado pela arbitragem pois ele estava impedido. Depois, não fez mais nada e apareceu apenas ao perder um gol cara a cara com Vagner, goleiro do Avaí, quando o jogo já estava 4 a 0.

O Vasco chegou a ensaiar uma pressão no início da etapa final e ainda teve a oportunidade de diminuir num pênalti, que Douglas cobrou muito mal e foi defendido por Vagner. A partir daí, o time se entregou e a maior qualidade do Avaí fez com o que time ampliasse a vantagem e transformasse o resultado em goleada.

Diego Jardel, em belíssima cobrança de falta, Diego Felipe, após rebote de Martín Silva, e Roberto, em nova cobrança de falta, finalizaram o placar e deixaram os vascaínos extremamente irritados e envergonhados nas arquibancadas. Luan ainda foi expulso perto do fim do jogo para piorar a situação vascaína. Sobrou para o técnico Adilson Batista, que ouviu o coro dos torcedores pedindo a sua saída do Vasco.

Fonte: Lance Press