Vitória bate Criciúma por 3 x 1 e deixa a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Vitória volta a vencer após duas derrotas seguidas, chega a 34 pontos

Uma noite para Edno não esquecer. O atacante rubro-negro chamou a responsabilidade no momento em que o Vitória vinha sendo vaiado pela torcida em pleno Barradão e, com um golaço de bicicleta e outro de pênalti, garantiu o triunfo de 3 a 1 sobre o rival direto Criciúma, em duelo disputado na noite deste sábado, válido pela 31ª rodada do Brasileiro.

Com o resultado, o Vitória volta a vencer após duas derrotas seguidas, chega a 34 pontos e deixa novamente a zona de rebaixamento, ultrapassando o Coritiba, que apenas empatou em casa com o Grêmio e foi só a 33. O Criciúma, por sua vez, estaciona nos 30 e continua na lanterna da tabela.

Fases do jogo: Só deu Bruno no primeiro tempo. O goleiro, que falhou nos últimos dois jogos do Criciúma, trabalhou demais nos 45min iniciais disputados no Barradão. A primeira boa defesa veio aos 14min, após chute de longe de Nino Paraíba. Já aos 22min, o arqueiro fez duas intervenções seguidas, sendo a segunda um milagre em cabeceada à queima-roupa de Dinei. Já aos 34min, Bruno defendeu com o pé outra finalização de Dinei, que desta vez desviou chute cruzado de Nino quase da pequena área.

Já no segundo tempo foi a vez de Wilson aparecer bem em chute cruzado de Roger Gaúcho. No rebote, Souza mandou no travessão. No lance seguinte, o goleiro rubro-negro precisou se esticar para evitar chute colocado de Cléber Santana. A pressão, agora, era do Criciúma, mas foi o Vitória quem abriu o placar, aos 17min. Cáceres fez ótima jogada pela esquerda, passou por dois defensores, invadiu a área e finalizou de esquerda; Dinei ainda chegou a desviar levemente na bola e atrapalhou Bruno, que dessa vez não teve o que fazer. 1 a 0.

Mas a resposta do Criciúma não demorou. Quatro minutos depois, Rodrigo Souza aproveitou escanteio da esquerda e, na primeira trave, sem quase sair do chão, desviou de cabeça e mandou a bola no canto, também sem chances para o goleiro Wilson. 1 a 1. E mesmo fora de casa, o time catarinense seguiu melhor, e a equipe baiana começou a ouvir vaias da torcida. Mas a resposta não demorou. E com um golaço. Edno acertou uma linda bicicleta após bola mal afastada pela zaga e colocou o Vitória novamente à frente no placar, aos 33min. 2 a 1.

Seis minutos depois, veio a confirmação do triunfo. Vinícius, que vinha mal na partida e até seria substituído por Ney Franco antes do segundo gol, fintou o zagueiro e acabou derrubado dentro da área. Edno deslocou o goleiro Bruno e marcou mais um, para festa da torcida no Barradão. 3 a 1, placar final.

O melhor: Edno. Decidiu a partida. No momento em que o duelo estava complicado e a torcida rubro-negra vaiava o time, o atacante acertou uma linda bicicleta e colocou o Vitória novamente na frente. Ainda fez outro de pênalti e definiu o jogo.

Para lembrar:

Jejum eterno? O Criciúma continua sendo a única equipe que ainda não venceu como visitante neste Campeonato Brasileiro. Com o resultado deste sábado, agora são 11 derrotas e cinco empates.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Uol