Galo e Timão fazem duelo em situação semelhante à de 2010

Galo e Timão fazem duelo em situação semelhante à de 2010

Em 17º, o Atlético-MG precisa vencer para deixar o calabouço da competição, enquanto uma vitória simples mantém o Timão na liderança do campeonato

O ano é 2011, mas a partida desta quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Ipatingão, tem ingredientes parecidos com aqueles do segundo turno do Brasileirão de 2010. Na ocasião, os times se enfrentaram na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e enquanto os donos da casa estavam em 18º lugar, lutando para sair da zona de rebaixamento, o Timão era segundo colocado e precisava do triunfo para continuar na briga pelo título.

O desfecho dessa história muitos já sabem: o Galo venceu por 2 a 1 e a vitória ajudou o time a ficar na elite do futebol brasileiro, enquanto os três pontos deixados em Minas pelo Corinthians fizeram muita falta na classificação final da competição, vencida pelo Fluminense.

Agora, o objetivo imediato dos times é parecido. Em 17º, o Atlético-MG precisa vencer para deixar o calabouço da competição, enquanto uma vitória simples mantém o Timão na liderança do campeonato.

E mesmo em posições tão distantes na tabela, os times vivem momento parecido. o Atlético-MG não vence a quatro jogos pelo Brasileirão, além de somar outra derrota na Copa Sul-Americana. Já o Corinthians, que iniciou o campeonato de forma avassaladora, com nove vitórias e um empate em dez jogos, conquistou apenas oito dos últimos 18 pontos disputados.

A arbitragem desta partida fica a cargo de um trio carioca. Marcelo de Lima Henrique apita, e será auxiliado por Rodrigo Pereira Jóia e Ediney Guerreiro Mascarenhas.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com