Ganso e Cañete desencantam, e reservas do São Paulo batem Sorocaba

Ganso e Cañete desencantam, e reservas do São Paulo batem Sorocaba

Com os olhares dos 6.966 pagantes todos voltados para Paulo Henrique Ganso, quem conduziu as primeiras jogadas ofensivas da equipe tricolor foi Cañete

Com os titulares poupados para o segundo duelo contra o Bolívar, pela fase preliminar da Copa Libertadores, os reservas do São Paulo mostraram serviço ao técnico Ney Franco neste sábado, no Estádio do Morumbi vazio. Reforçada pelo atacante Aloísio, a "equipe B" do time tricolor encontrou certa dificuldade para vencer o Atlético Sorocaba, por 2 a 1, e garantiu a segunda vitória no Campeonato Paulista, em duelo válido pela 3ª rodada do Estadual. Os destaques do jogo foram os meias Ganso e Cañete, que marcaram os primeiros gols com a camisa tricolor. Fábio Sanches descontou para os visitantes.

Com os olhares dos 6.966 pagantes todos voltados para Paulo Henrique Ganso, quem conduziu as primeiras jogadas ofensivas da equipe tricolor foi Cañete. Após criar alguns lances de perigo pela esquerda do ataque, o meia argentino teve a primeira chance real de abrir o placar aos 21min. Ademílson fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro. A bola passou por toda a área e ficou com Cañete. O argentino dominou, limpou a marcação e tentou encobrir o goleiro Marcelo Moretto, que se recuperou e fez linda defesa.

Aos 26min, foi a vez de Paulo Miranda, que fez sua estreia na temporada, assustar a meta sorocabana. O lateral recebeu bom passe de Ganso e avançou pelo meio. Com liberdade, o são-paulino arriscou um chute de longe e quase surpreendeu Marcelo Moretto, que apareceu bem novamente. Aos poucos, o São Paulo foi tomando conta da partida e conseguiu abrir o placar aos 30min.

Aberto pela direita, o lateral esquerdo Carleto recebeu na ponta, driblou o marcador e fez bom cruzamento para a área. Bem colocado e sem marcação, Paulo Henrique Ganso se antecipou ao goleiro e desviou de cabeça para o fundo das redes do Atlético Sorocaba: 1 a 0 São Paulo. Este foi o primeiro gol do camisa 8 com a camisa tricolor.

Melhor no jogo, o São Paulo ainda desperdiçou boas oportunidades na primeira etapa com Edson Silva e Ademílson. Na volta para o segundo tempo, o São Paulo tentou manter o mesmo ritmo, mas acabou deixando espaços na defesa. O time atleticano chegou à meta são-paulina aos 8min, com Bruninho, mas Edson Silva conseguiu desarmar o atacante rival.

A melhor chance do time visitante empatar a partida aconteceu sete minutos mais tarde. César chutou de longe, e o goleiro Dênis espalmou para o meio da área. Livre, Tiago Marques pegou o rebote, mas chutou por cima do gol, perdendo chance incrível. Depois foi a vez de Rogélio Balotelli assustar com um chute que passou perto do gol tricolor.

O time do São Paulo passou a errar ainda mais nas saídas de bola e deixou o Atlético Sorocaba crescer no jogo. Aos 30min da segunda etapa, Rogélio Balotelli perdeu nova chance de igualar o marcador. O atacante recebeu lindo passe de calcanhar na marca do pênalti e chutou forte, mas a bola subiu demais e foi para fora.

Com os sustos, os comandados de Ney Franco acordaram na partida. No minuto seguinte, o argentino Cañete levou a bola pela intermediária e arriscou de muito longe. A bola foi no ângulo direito de Marcelo Moretto, que não teve chances de defesa: golaço. Após ampliar, o São Paulo sofreu o merecido gol dos visitantes. Júnior Timbó cobrou escanteio da esquerda, Dênis saiu mal do gol e Fábio Sanches, livre de marcação, escorou de cabeça para o gol vazio: 2 a 1. No fim, o goleiro são-paulino ainda teve que se esticar para evitar um vexame no Morumbi, em chute forte de Jorge Preá.

Com a vitória, o São Paulo alcançou o segundo resultado positivo em dois jogos no Estadual. O time tricolor ainda tem uma partida a menos do que as outras equipes, já que o confronto contra o São Caetano foi adiado. Com seis pontos, os comandados de Ney Franco enfrentam o Santos no próximo domingo, em duelo válido pela 5ª rodada do Paulista, após decidir a vaga na fase de grupos da Copa Libertadores nesta quarta-feira, em La Paz. Com a segunda derrota no torneio estadual, o Atlético Sorocaba segue com apenas 1 ponto ganho e tentará revertar a situação diante do Botafogo-SP, nesta quinta-feira.

Ficha técnica

SÃO PAULO 2 x 1 ATLÉTICO SOROCABA

Gols

SÃO PAULO:

Paulo Henrique Ganso, aos 30min do primeiro tempo, e Cañete, aos 31min do segundo tempo

ATLÉTICO SOROCABA:

Fábio Sanches, aos 38min do segundo tempo

SÃO PAULO: Denis; Paulo Miranda (Rodrigo Caio), Toloi, Edson Silva e Carleto; Casemiro e Maicon (Tiago); Aloísio (Lucas Farias), PH Ganso e Cañete; Ademílson

Treinador: Ney Franco

ATLÉTICO SOROCABA: Marcelo Moretto; Edson Sitta, Fábio Sanches, Wellington e César; Willian Simões, Da Silva, Thiago (Júnior) e Gilberto (Bruninho); Rogelio Balotelli e Carlinhos (Jorge Preá)

Treinador: Estevam Soares

Cartões amarelos

ATLÉTICO SOROCABA: Da Silva, Jorge Preá

Árbitro

Aurélio Sant?anna Martins

Público e renda

6.966 torcedores e R$ 190,531,00

Local

Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra