Ganso perde lugar para Aloísio em treino, e Ney Franco resgata 4-3-3

Atacante entrou na equipe para atuar pelo lado direito. Jadson passou a fazer a função que foi de Paulo Henrique na estreia no Paulistão


Ganso perde lugar para Aloísio em treino, e Ney Franco resgata 4-3-3

Paulo Henrique Ganso perdeu a vaga de titular no último treino do São Paulo antes da estreia na fase prévia da Taça Libertadores, contra o Bolívar, quarta-feira, às 22h, no Morumbi. No treino desta terça pela manhã, no CT de Cotia, o técnico Ney Franco sacou o armador e colocou o atacante Aloísio.

A alteração mexeu também no posicionamento do meia Jadson. Escalado aberto pela direita no primeiro tempo da vitória sobre o Mirassol, sábado, pelo Paulistão, o jogador passou a ficar mais centralizado na criação. Aloísio assumiu a antiga função dele, com Osvaldo na esquerda e Luis Fabiano avançado.

Com a mexida, o São Paulo se mostrou um pouco diferente no treino. O time ganhou força física pela direita e mais infiltração na área no auxílio ao Fabuloso. Jadson também pareceu mais desenvolto pelo meio. No entanto, o baixinho ficou sobrecarregado por ser o único armador. A equipe também não ganhou velocidade e continuou apostando no toque de bola, assim como quando tinha Ganso.


Ganso perde lugar para Aloísio em treino, e Ney Franco resgata 4-3-3

Ney Franco havia testado uma formação semelhante no segundo tempo do confronto pelo estadual. Na ocasião, ele sacou Luis Fabiano e Ganso para as entradas de Aloísio e Cañete. O argentino, porém, foi quem acabou posicionado pelo lado direito do setor ofensivo.

Outra novidade foi o retorno do lateral-esquerdo Cortez. Ele havia sido vetado pelos médicos da primeira partida oficial da temporada em virtude de dores no músculo adutor da coxa direita. Carleto, titular no fim de semana, volta a ser uma opção no banco de reservas.

O São Paulo iniciou o treino desta terça com: Rogério Ceni, Douglas, Lúcio, Rhodolfo e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano.

Já o time reserva jogou com: Denis, João Filipe, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Fabrício, Casemiro, Maicon, Ganso e Cañete; Ademilson.

Fonte: GloboEsporte.com