Ganso reage às justificativas de Dunga e jura estar pronto para a Copa do Mundo

Ganso reage às justificativas de Dunga e jura estar pronto para a Copa do Mundo

O jogador de 20 anos assegura que tanto ele quanto Neymar estavam maduros o suficiente

Um dos nomes de maior destaque da atual temporada no futebol brasileiro, Paulo Henrique Ganso estava na expectativa de figurar na lista dos 23 convocados para a Copa da África do Sul. Seu nome apareceu apenas entre os sete jogadores da lista de espera, e uma das justificativas de Dunga foi que ele não teve "uma experiência boa" nas seleções de base. O treinador também alegou que Ganso era reserva no Mundial Sub-20 do Egito em 2009, o que não confere. O fato é que, sem o mesmo brilho de agora, Ganso vestiu acamisa 11 e começou atuando em todas as partidas, sempre sendo substituído. Ele marcou um gol na primeira fase, já o Brasil perdeu a decisão para Gana na disputa de pênaltis.

No Mundial Sub-20 no Egito, em 2009, Ganso vestiu a camisa 11 e começou atuando em todas as partidas da seleção brasileira

- Ele não está sabendo bem da seleção sub-20 que disputou o Mundial do ano passado. Fui titular em todos os jogos, pena que não voltamos com o título. No ano passado, eu estava ainda no começo de carreira. Era promessa. Hoje sou uma realidade - explicou o meia, em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo".

O jogador de 20 anos assegura que tanto ele quanto Neymar, seu companheiro de equipe de 18 anos, estavam maduros o suficiente para estrear na seleção principal e em uma Copa do Mundo.

- Futebol é momento. Atravessamos uma grande fase e ele (Dunga) poderia ter dado uma chance para nós dois. Se nos levasse, estaríamos prontos - garantiu.

Ganso, que não escondeu sua tristeza por ter ficado fora da lista, disse que não vai torcer contra um companheiro de profissão para ganhar uma vaga:

- Esperança, sempre tenho (de ser chamado). Mas não vou torcer para que alguém se machuque para eu disputar meu primeiro Mundial.

O jogador, entretanto, espera que chegue logo sua vez.

Agora, é continuar jogando esse belo futebol e mostrar para o povo que poderíamos ter ido"

Paulo Henrique Ganso

- Se não for agora, será na Copa de 2014. O que quero é ser convocado. Pode ser que aconteça num amistoso ou num torneio depois da Copa. Tudo na vida tem a sua hora. Espero uma oportunidade - afirmou Ganso.

Ele demonstra ter consciência do caminho para alcançar o sonho: seguir em alto nível no Santos.

- Agora, é continuar jogando esse belo futebol e mostrar para o povo que poderíamos ter ido - disse.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com