4 a 1: Deco dá assistências para gol e Flu goleia

4 a 1: Deco dá assistências para gol e Flu goleia

Tricolor supera altos e baixos e conta com o talento do craque para vencer por 4 a 1

Oscilando bons e maus momentos, o Fluminense se encontrou no segundo tempo da partida deste sábado para golear a Portuguesa por 4 a 1, no Engenhão, em compromisso válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de abrir 2 a 0 no placar com Wellington Nem e Anderson, o Tricolor deu espaços para a Lusa, que diminuiu com Ricardo Jesus e chegou a mandar uma bola no travessão, com Vandinho. Até então apagado, Fred não deixou a sua 400ª partida como profissional passar em branco, balançando a rede em bela jogada. Lanzini fechou o placar. O destaque ficou por conta de Deco, autor de três das quatro assistências.

Com o resultado, o Flu chega aos nove pontos na competição, enquanto a Lusa permanece com quatro, acumulando a terceira derrota em cinco partidas. Na próxima rodada, no dia 24, o Flu visita o Atlético-GO, no Serra Dourada, enquanto a Portuguesa recebe o São Paulo, um dia antes, no Canindé.

- Tenho o privilégio de poder estar jogando em alto nível até esta idade - resumiu Deco, o craque do jogo.

O jogo começou em ritmo muito lento, com erros aos montes de passes dos dois lados. Fred até que tentava buscar o jogo, mas a marcação estava em cima. Deco insistia sem sucesso nos lançamentos longos, e os laterais Wallace e Carleto apoiavam timidamente. Wellington Nem era a melhor opção, com a velocidade e boa movimentação caindo pelas duas pontas.

Aos poucos, a Portuguesa passou a sair de trás e ameaçar em chutes de longa distância. Vandinho - duas vezes - e Léo Silva arriscaram com perigo. Diego Cavalieri apareceu bem. Vandinho, sempre insinuante, era quem mais incomodava a zaga adversária. Enquanto isso, o Flu mostrava grande apatia, sem conseguir incomodar os visitantes, bem postados na defesa. Por volta dos 35 minutos surgiram as primeiras vaias da torcida, impaciente com a atuação ruim até então.

Wagner errava tudo e facilitava a vida da defesa da Lusa, enquanto Deco recuava muito para buscar o jogo. Com isso, o Flu ficava carente na armação de jogadas. Foi o espaço que Jean preenchou com qualidade aos 41 minutos, dando bela bola para Fred. O atacante tricolor bateu de primeira e o goleiro Gustavo deu rebote. Wellington Nem aproveitou e só teve o trabalho de empurrar para a rede e abrir o placar: 1 a 0.

Fred acorda com belo gol

A insatisfação de Abel com o futebol de Wagner foi provada com a alteração no intervalo. O meia deu lugar a Marcos Júnior. E o Flu voltou mais insinuante, com Deco mais perto do ataque. O segundo gol nasceu dos pés do apoiador, que cobrou escanteio na medida para Anderson cabecear e estufar a rede: 2 a 0.

A vantagem no placar não foi bem administrada pela equipe tricolor, que diminuiu o ritmo e passou a dar espaços para a Lusa. Tanto que, aos 17, Léo Silva cruzou, Anderson deu espaço e Ricardo Jesus cabeceou para descontar: 2 a 1. O empate poderia ter acontecido logo depois, em cabeçada de Vandinho no travessão. O mesmo Vandinho ia saindo na cara do gol aos 31, mas foi parado com falta por Gum. A Lusa não aproveitou a cobrança perto da meia-lua.

No momento em que a Lusa ficava cada vez mais perto do empate, o Flu contou com a qualidade de dois dos seus principais jogadores para fazer o terceiro. Foi aos 31, quando Deco deu belíssimo lançamento para Fred dominar no peito tirando zagueiro da jogada e batendo de canhota: 3 a 1.

E quem tem Deco tem meio time. Aos 41, o craque deu mais uma linda bola, desta vez para Lanzini, que girou e chutou no cantinho para fazer 4 a 1 e dar números finais à partida.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com