Giuliano, vira sonho de consumo do Vasco para o Brasileirão

Giuliano, vira sonho de consumo do Vasco para o Brasileirão

Clube ainda estuda possibilidade de compor alto valor para fazer proposta pelo meia de 22 anos, que defende o Dnipro, da Ucrânia

Até agora, o Vasco recorreu apenas às apostas para complementar um elenco intacto e de qualidade comprovada. Mas a perda de duas e talvez uma terceira peça importante fez o clube passar a olhar nomes de peso no momento de se reforçar para o Campeonato Brasileiro. Um dos alvos cruz-maltinos é o meia Giuliano, de 22 anos, ex-Internacional, atualmente no Dnipro, da Ucrânia.

O Vasco ainda não abriu negociação com o jogador. O clube permanece na fase de estudos das reais condições para contratá-lo. Afinal, tem a certeza de que precisará de parceiros para realizar a proposta.

Recentemente, o Dnipro recusou uma oferta de ? 8 milhões (R$ 20 milhões) feita pelo Grêmio. O clube ucraniano avisou que não tinha a intenção de negociar o jogador por menos de ? 10 milhões (R$ 25 milhões), valor pago para comprá-lo em 2011. Giuliano foi um dos destaques do Internacional campeão da Libertadores de 2010. Ele foi companheiro de Alecsandro, hoje camisa 9 do Vasco, na conquista intercontinental.

O Vasco prefere ainda não confirmar o interesse, já que a situação está em fase preliminar. Outros nomes vêm sendo falados em São Januário. Até mesmo o de Darío Conca, que deixou o clube em 2007 e está no futebol chinês. No entanto, não passou de uma ideia, já que os valores do argentino foram considerados fora da realidade cruz-maltina. Neste momento, Fluminense e Flamengo aparecem como possíveis destinos do meia.

Por outro lado, o Vasco se vê mais forte financeiramente para competir no mercado. A renda adquirida com a venda de Romulo (R$ 10 milhões), Allan (R$ 1,5 milhão) e possivelmente Diego Souza (quase R$ 5 milhões) dará ao Vasco maior poder de compra no momento de buscar reforços.

Por ainda viver dificuldades econômicas, o Vasco sabe que precisa dar o tiro certo. E terá que mirar alto.

Fonte: GloboEsporte.com