Goiás sobe após derrotar o Grêmio

Tricolor saiu na frente, na primeira etapa, com Souza, mas cedeu o empate, pouco depois, em cabeçada certeira de Léo Lima

O Goiás é o novo vice-líder do Campeonato Brasileiro. Após sair atrás no placar, o time do técnico Hélio dos Anjos reagiu, no Serra Dourada, e venceu o Grêmio por 2 a 1, neste domingo, pela 26ª rodada da competição. Os gaúchos, que têm péssima campanha como visitantes - apenas uma vitória - voltam para casa lamentando a oportunidade perdida de voltar ao G-4.

O Tricolor saiu na frente, na primeira etapa, com Souza, mas cedeu o empate, pouco depois, em cabeçada certeira de Léo Lima. No segundo tempo, Felipe, que saiu do banco para substituir Fernandão, arrancou o triunfo para os esmeraldinos .

A torcida goiana pôde comemorar, ainda, o retorno de Romerito, que ficou quatro meses afastado por conta de uma cirurgia na coluna.

As equipes voltam a campo pelo Brasileirão no próximo fim de semana. O Goiás - que enfrenta o Cerro Porteño pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, na quinta-feira - recebe o Botafogo, às 16h de domingo. No mesmo horário, o Grêmio pega o Sport, no Olímpico.

Equilíbrio e empate

A primeira etapa foi marcada pelo equilíbrio. O Esmeraldino ameaçou antes, mas o Tricolor abriu o placar.

Aos 15, Iarley invadiu a área gremista pela direita, fez o corte e mandou uma bomba de direita. A bola tomou a direção do gol, mas desviou no braço de Rafael Marques. Apesar dos protestos, o árbitro Heber Roberto Lopes mandou o jogo seguir. Na sequência, novamente pela direita, Vitor avançou, mas, antes da conclusão, foi alcançado por Bruno Collaço, que desviou para escanteio. Logo depois da pressão dos donos da casa, veio o golpe dos visitantes. Após troca de passes com Jonas, Souza entrou na área esmeraldina, driblou o goleiro Harlei, com tranquilidade, e mandou para as redes, aos 17.

Atrás no placar, o técnico Hélio dos Anjos não ficou nada feliz com a oportunidade desperdiçada por seus comandados, aos 24. Dentro da área, Vitor chutou forte em cima da zaga e, na sobra, Iarley, de frente para o gol, tentou passar de calcanhar e entregou a bola para os gaúchos. Aos 29, em bola cruzada na área por Adilson, o Grêmio quase ampliou, mas Jonas cabeceou à direita do gol de Harlei, pela linha de fundo.

O empate esmeraldino saiu aos 32. Fernando esticou na esquerda para Júlio César, e o lateral fez o cruzamento para Léo Lima, que apareceu por trás da defesa gremista e, de cabeça, deixou tudo igual.

Se o ataque tentava fazer a sua parte na reação goiana, Harlei cumpriu seu papel aos 34, quando fez bela defesa, no chute forte de Fábio Rochemback, da entrada da área.

Esmeraldino arranca a vitória

As equipes voltaram dos vestiários sem alterações. Aos três minutos da segunda etapa, o Grêmio perdeu ótima chance, com Adilson, que recebeu de frente para Harlei, mas adiantou demais a bola, e acabou perdendo a disputa com o goleiro goiano.

Aos sete, o grito de gol da virada esmeraldina ficou engasgado. Após cruzamento de Vitor, Fernandão já preparava o chute de primeira, quando a zaga gremista cortou em cima da hora. A história se repetiu do outro lado do campo, aos nove. Tcheco invadiu a área pela direita, foi à linha de fundo e cruzou, mas não encontrou ninguém para completar para as redes.

Fernandão desperdiçou chance incrível, aos 18. Léo Lima deixou o atacante de frente para a meta gremista e, de cabeça baixa, chutou para fora, para o desespero de Iarley, que aparecia livre pela direita, e para a sorte do trio de arbitragem, que não assinalou o impedimento do camisa 9. O Goiás assumiu o domínio da partida e, aos 25, dentro da área, o ?garçom? Júlio César emendou cruzamento de primeira, para a boa defesa de Victor.

Os treinadores tentaram suas cartadas finais aos 30. Hélio dos Anjos trocou Fernandão por Felipe, e Autuori substituiu Tcheco e Jonas por Túlio e Herrera, respectivamente.

Melhor para o Esmeraldino. Aos 36, Iarley girou e passou para Léo Lima na entrada da área. O camisa 7 deixou a bola passar e, no desvio errado da defesa gremista, a bola sobrou para Felipe chutar e virar a partida.

Antes de vibrar pelos três pontos conquistados, os goianos ainda puderam comemorar o retorno de Romerito - que substituiu Léo Lima - após quatro meses afastado, por conta de uma cirurgia na coluna.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com