Goiás vence "duelo da degola" com o Avaí

Jogo foi uma prévia da Sul-Americana

Jogando no Serra Dourada, o Goiás conquistou um importante resultado na briga para escapar do descenso à Série B. O time da casa derrotou o Avaí por 1 a 0 neste domingo, em confronto de times que estão na zona do rebaixamento. O gol solitário foi marcado por Bernardo, convertendo pênalti ainda no primeiro tempo.

As duas equipes voltam a se enfrentar já na quarta-feira, novamente no Serra Dourada, em confronto válido pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. O jogo decisivo por uma vaga na semifinal será disputado na Ressacada, em 11 de novembro.

O resultado deixa o Goiás com 31 pontos na 18ª colocação, distante três da primeira equipe fora da zona do rebaixamento, o Vitória. Já o Avaí segue com 30 pontos, agora na 19ª posição.

Embora o Goiás tivesse mais posse de bola, as primeiras chances agudas de gol foram do visitante. Aos 13min, Harlei espalmou um chute cruzado de Robeto. Cinco minutos depois, o goleiro frustrou o atacante catarinense mais uma vez. A resposta do Goiás veio com Everton Santos, pela direita, cruzando para Bernardo, livre, dentro da pequena área, perder um gol feito.

O Avaí prosseguia no campo de ataque, e Caio, por pouco, não fez uma pintura, aos 27min, após dar um chapéu em Rafael Tolói e completar de primeira, errando por pouco a meta de Harlei. No entanto, quem abriu o placar foi o time goiano. Marcos agarrou Bernardo dentro da área, o árbitro Pedro Vuaden assinalou pênalti e o camisa dez acertou o canto direito de Zé Carlos.

O Avaí voltou do intervalo em busca do empate e com Válber no lugar de Robinho. Aos 11min, Marcos cruzou na primeira trave e Roberto cabeceou por cima do gol. O Goiás respondeu com Wellington Monteiro, da entrada da área, acertando a trave. No minuto seguinte, Roberto dividiu com Ernando, ganhou a bola e bateu forte, caindo, para linda defesa de Harlei.

Aos 37min, Caio achou Válber na área, que driblou um defensor, mas foi interceptado por Harlei na hora de tentar o cruzamento e o placar não mudou mais. Antes do fim do jogo, ainda deu tempo de Bruno Silva ser expulso por falta dura em Jonílson.

Fonte: Terra, www.terra.com.br