Gol de Robinho garantiu a vitória do Milan pelo Italiano

Brasileiro faz um e dá passe para Ibrahimovic fechar o placar no triunfo sobre o Catania

Robinho salvou o Milan. É verdade que com grande colaboração de Ibrahimovic, mas o fato é que o rubro-negro italiano começou a desenhar sua vitória por 2 a 0 sobre o Catania graças ao gol do brasileiro, que depois ainda deixaria o companheiro sueco na boa para fechar o placar. O resultado fora de casa, neste sábado, deixou a equipe com 47 pontos na ponta, sete a mais que o vice-líder Napoli, que recebe o Sampdoria neste domingo.

O Milan teve muita dificuldade para chegar à vitória. O Catania montou um bloqueio defensivo que não permitia ao rubro-negro criar jogadas. Os donos da casa valorizavam a posse da bola e conseguiram dominar o adversário em boa parte da primeira etapa.



A equipe milanesa dependeu basicamente do talento individual dos seus jogadores para conseguir se livrar desse aperto. E foi assim que, aos poucos, as jogadas foram saindo. O atacante Robinho, aberto pelas pontas, fez bem a função na frente. No meio, Ambrosini e Van Bommel fizeram bem a proteção à zaga, comandada por Thiago Silva. Ainda assim, foram raras as chances de gol. Como o Catania ia pouco ao ataque, o primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0.

A vaca milanesa parecia ter ido pro brejo quando Van Bommel fez falta dura, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso com apenas nove minutos da etapa final. Mas então surgiu Robinho. O atacante sueco Ibrahimovic cobrou uma falta com violência e o brasileiro pegou o rebote, abrindo o placar. Com a vantagem no placar e a inferioridade numérica em campo, o Milan não quis se arriscar e recuou, esperando o tempo passar e apostando nos contragolpes.

No fim do jogo, Thiago Silva, quando já atuava de volante, descolou um bom passe para Robinho. Ele fez ainda melhor que o compatriota e deixou Ibrahimovic livre para selar o marcador, aos 40 minutos.

Lazio vence e volta à terceira posição

No outro jogo deste sábado pela 22ª rodada, o Lazio demorou a marcar e só conseguiu a vitória no segundo tempo. Com dois gols de Kozak, o time da capital venceu a Fiorentina por 2 a 0 e chegou aos 40 pontos, ficando na terceira posição. O brasileiro Hernanes, que ficou no banco de reservas, entrou apenas nos minutos finais.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com