Goleira camaronesa morre durante aquecimento antes de uma partida

Atleta morreu no último domingo (08)

A goleira Jeanine Christelle Djomnang morreu aos 26 anos no domingo (08), quando estava aquecendo antes de uma partida do campeonato local, dois dias depois do falecimento de um jogador da seleção masculina do país em circunstâncias semelhantes, na Romênia.

Djomnang, que defendia o Femina Stars de Ebolowa, um clube do sul do país, perdeu a vida "durante o aquecimento de uma partida válida pela sexta rodada do campeonato de primeira divisão de futebol feminino", explicou a Federação camaronesa no seu site.

A entidade disse estar "no aguardo de um relatório oficial sobre esse incidente trágico", cujas causas ainda são desconhecidas.

Na sexta-feira, Patrick Ekeng, também de 26 anos, morreu depois de desabar em campo durante uma partida entre seu clube, o Dínamo Bucareste, e o Viitorul Constanta, pelo campeonato romeno.

O volante, que jogou dois amistosos no ano passado com os 'Leões Indomáveis' da seleção camaronesa, foi levado ao hospital, mas não pôde ser reanimado.

No sábado, a promotoria da capital romena abriu uma investigação para determinar as circunstâncias exatas da morte do atleta, em meio a críticas sobre o atendimento no gramado e a demora da chegada da ambulância ao local. A autopsia para determinar as causas da morte foi realizada nesta segunda-feira.

Em 2003, outro camaronês morreu durante uma partida, o volante Marc-Vivien Foé, que sofreu um infarto fulminante com a seleção do seu país, numa partida da Copa das Confederações contra a Colômbia, em Lyon, na França.

O último caso de morte de um jogador profissional em campo foi no dia 30 abril 2015, com o falecimento de Grégory Mertens, zagueiro do Lokeren, da primeira divisão bélgica.

goleira Jeanine Christelle Djomnang  (Crédito: Reprodução)
goleira Jeanine Christelle Djomnang (Crédito: Reprodução)



Fonte: Com informações do Uol