Governo destina R$ 3 milhões para futebol piauiense

O objetivo é desenvolver o futebol profissional do Estado do Piauí

Como forma de desenvolver o futebol do Piauí, o Governo do Estado, através da Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi), está repassando aos clubes e a Federação de Futebol do Piauí (FFP) uma ajuda financeira na ordem de R$ 3 milhões, como forma de benefício, tanto para o profissional como para as categorias de base. No total serão dez parcelas de R$ 300 mil, sendo que a primeira, referente ao mês de março, já foi liberada. 

O objetivo é desenvolver o futebol profissional do Estado do Piauí, que está ascendendo para outras divisões do futebol nacional, como é o caso do River, que foi vice-campeão brasileiro da Série D no ano passado e que em 2016 disputa a Série C. 

Receberão ajuda de custo o próprio River (150 mil) Flamengo (50 mil), Piauí (30 mil), Tiradentes (20 mil) e Federação de Futebol do Piauí (50 mil a serem aplicadas nas despesas do Campeonato Estadual e apoio aos times do interior, como Parnahyba, Cori-Sabbá, Altos, Caiçara e Picos).

Para o presidente da Fundespi, Vicente Sobrinho, a parceria com clubes e Federação de Futebol do Piauí foi uma forma encontrada para corroborar com o apoio ao futebol piauiense. "Nós temos consciência que esses clubes precisam de patrocínio e, com esse investimento, eles tem a obrigatoriedade de funcionar e se desenvolver como contrapartida. 

Categoria de base – Segundo revelou Vicente Sobrinho, com o investimento, os ex-jogadores profissionais, Sima e Toinho, lendas do futebol piauiense do passado, irão coordenar as categorias de bases. O principal compromisso que clubes e federação terão nesse momento de incentivo será a divulgação do Estado do Piauí nas camisetas, placas, agasalhos e banners nos estádios em que houver jogos de futebol.

Fonte: Com informações do Portal do Governo