Grêmio é denunciado no STJD por 'invasão' de Carol Portaluppi

Carol entrou no gramado depois da classificação do Grêmio

O Grêmio voltará a ser julgado no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). A Procuradoria do tribunal denunciou o time gaúcho pelo episódio registrado nos minutos finais do jogo contra o Cruzeiro, na semifinal da Copa do Brasil.


Na oportunidade, Carol Portaluppi, filha de Renato Gaúcho, entrou no campo antes do apito final. O clube não corre risco de perder mandos de campo.

A denúncia enquadrou o Grêmio no artigo 213 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), por "Deixar de prevenir e reprimir invasão de campo ou local da disputa do evento". A pena prevista é multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

Carol entrou em campo para abraçar o pai (Crédito: GREMIO FBPA)
Carol entrou em campo para abraçar o pai (Crédito: GREMIO FBPA)
Fonte: Uol