Grêmio encerra jejum em casa e vence o Bahia

Viçosa anotou os dois gols da vitória do time gaúcho ainda no primeiro tempo

Com ótima atuação do centroavante Júnior Viçosa, o Grêmio bateu o Bahia por 2 a 0 neste domingo, no Estádio Olímpico, e alcançou sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro. O resultado, além de embalar a equipe de Renato Gaúcho, mantém a equipe de René Simões sem vitórias na elite do futebol nacional em 2011.

Viçosa anotou os dois gols da vitória do time gaúcho ainda no primeiro tempo - o primeiro após cruzamento de Mário Fernandes, e o segundo com um passe açucarado de Lins. Já o Bahia, que dependeu demais de jogadas individuais dos atacantes Souza e Jobson, não mostrou bom futebol e teve no lateral esquerdo Ávine seu jogador mais perigoso.

Agora, o Grêmio soma seis pontos em três rodadas no Brasileiro. A equipe tentará o terceiro triunfo seguido na próxima rodada contra o São Paulo, no Morumbi. Já o Bahia buscará a primeira vitória na competição em casa, no Estádio de Pitauçu, diante do Atlético-MG.

O jogo

Ainda sem todos os reforços contratados à disposição, Renato Gaúcho escalou o Grêmio em um 4-4-2 tradicional, com Douglas e Escudero na armação e Lins e Júnior Viçosa na frente. Do lado do Bahia, René Simões também entrou com dois atacantes, Souza e Jobson, auxiliados pela aproximação de Lulinha, jogador que buscava encostar na dupla ofensiva.

A partida mal tinha começado a entrar em um ritmo quando o Grêmio marcou o primeiro gol. Aos 5min, Mário Fernandes arrancou bem pela direita, tabelou e cruzou na medida para Júnior Viçosa, que cabeceou com firmeza para as redes. Pouco depois, aos 9min, Neuton acertou cabeçada no travessão após levantamento na área, mas o lance já estava invalidado por impedimento.

Totalmente dominado até então, o Bahia dependia somente de lançamentos longos para Souza e Jobson, que ficavam isolados do resto do time. Em um deles, aos 11min, Jobson entortou Neuton por duas vezes e bateu de pé esquerdo, mas Marcelo Grohe salvou o Grêmio. Mesmo perdendo o jogo, o time visitante recuava e marcava só a partir do meio de campo, deixando a equipe gaúcha jogar.

Como as duas equipes tinham esquemas que concentravam jogadores na faixa central do campo, sobrava espaço nas laterais. Aos 31min, Marcone caiu pela direita e cruzou para Souza, mas a cabeçada saiu fraca, nas mãos de Grohe. No minuto seguinte, o Grêmio ampliou a vantagem, desta vez pelo meio: após linda tabela entre Lins e Escudero, Júnior Viçosa recebeu livre na área e bateu de primeira para fazer 2 a 0.

Com muito espaço para jogar, Douglas ditava o ritmo do jogo. Aos 40min, ele recebeu corta-luz de Viçosa e ficou cara a cara com Marcelo Lomba, mas o goleiro evitou o terceiro gol. Já no segundo tempo, o Bahia teve chance na bola parada quando Fernando desviou cobrança de escanteio contra o próprio gol, mas Grohe - substituto de Victor, que está na Seleção - trabalhou bem.

Douglas apareceu bem novamente aos 9min, enfiando linda bola para Viçosa, mas Marcelo Lomba novamente apareceu para travar o chute e impedir mais um gol. Com o meio de campo totalmente anônimo na partida, o Bahia dependia quase exclusivamente das descidas do lateral Ávine pela esquerda. Aos 17min, ele bateu falta com força e a bola explodiu no travessão gremista.

Com Souza e Jobson insistindo em jogadas individuais e sendo frequentemente desarmados pela defesa do Grêmio, a equipe baiana pouco ameaçada. Aos 29min, Renato promoveu a estreia do meia Marquinhos no lugar de Júnior Viçosa, deixando o Grêmio com apenas o garoto Leandro à frente.

Os últimos minutos foram pouco movimentados, com o time gremista valorizando a posse de bola no meio de campo e o Bahia sem forças para reagir. Sem sustos, o time da casa administrou a vantagem até o apito final.

FICHA TÉCNICA

Grêmio 2 x 0 Bahia

Gols

Grêmio: Júnior Viçosa, aos 5min e aos 32min do 1º tempo

Grêmio

Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Saimon, Rafael Marques e Neuton; Fábio Rochemback, Fernando, Douglas e Escudero (Gabriel); Lins (Leandro) e Júnior Viçosa (Marquinhos). Técnico: Renato Gaúcho

Bahia

Marcelo Lomba; Gabriel, Titi, Danny Morais e Ávine (Marcos); Fahel, Marcone e Camacho; Lulinha (Maranhão); Souza (Rafael) e Jobson. Técnico: René Simões

Cartões amarelos

Grêmio: Fernando

Bahia: Souza e Camacho

Árbitro

Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Local

Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)

Fonte: Terra, www.terra.com.br