Grêmio leva susto, mas vence o São Paulo

Para construir sua expressiva vitória, o Grêmio apostou nas falhas defensivas do São Paulo

O Grêmio apostou em sua eficiência ofensiva para superar o São Paulo nesta quarta-feira. A equipe gaúcha derrotou os paulistas por 4 a 2 em duelo tricolor no Olímpico, garantindo o retorno das vitórias em Porto Alegre após derrota e empate consecutivos. Os gols gremistas foram marcados por André Lima (duas vezes), Jonas e Diego, com Rogério Ceni e Marlos descontando.

Para construir sua expressiva vitória, o Grêmio apostou nas falhas defensivas do São Paulo, que voltou a demonstrar inconsistência em sua zaga. O time paulista chegou a conseguir uma reação após estar perdendo por 2 a 0, empatando a partida, mas cedeu a vitória aos gaúchos.

Com o resultado, o Grêmio prossegue sua boa arrancada no Campeonato Brasileiro sobe para a nona colocação da tabela, com 36 pontos. Já o São Paulo, em sua segunda derrota seguida, cai para décimo, com 34 pontos.



Enfrentando problemas com lesões e suspensões, o time gaúcho foi escalado por Renato Gaúcho com Lúcio no meio de campo ao lado de Adilson. Na armação, Douglas e Gilson forneciam a bola a Jonas e André Lima.

Já o São Paulo reforçou sua defesa após a derrota por 3 a 0 para o Goiás. Miranda, Alex Silva e Xandão formaram o trio de zaga, com Rodrigo Souto caindo pela lateral direita. Pelo lado esquerdo, Carleto fez seu segundo jogo seguido como titular, enquanto Marlos e Lucas se revezavam no apoio a Ricardo Oliveira no ataque.

André Lima abre vantagem

O jogo começou morno e truncado, com as equipes tocando bola no meio de campo e cometendo faltas. O primeiro lance de perigo saiu aos 9min, em falta cobrada na intermediária por Carleto que saiu à direita do gol de Victor. O Grêmio aproveitava o erro do adversário, e passou a ameaçar com mais eficiência.

Aos 14min, Jonas cruzou e André Lima cabeceou por cima do travessão são-paulino. No minuto seguinte, Lúcio bateu cruzado e Rogério Ceni fez boa defesa. Na sequência, o lateral cobrou falta e obrigou o goleiro são-paulino a espalmar para fora da área.

A partida seguiu truncada e brigada, e o Grêmio só foi ameaçar novamente aos 27min. Jonas recebeu lançamento pela direita, cortou sobre a marcação e viu Alex Silva cortar a finalização. Dois minutos depois, o atacante aproveitou bola após cobrança de escanteio e cruzou para André Lima empurrar ao fundo do gol.

Após ser vazado, o time do São Paulo passou a atacar mais, tocando bola no campo de ataque, mas não conseguia passar pela bem postada defesa gremista. O time da casa apostava em ataques velozes e conseguiu seu segundo gol aos 39min. Edilson cobrou falta da intermediária e André Lima aproveitou indecisão da defesa para completar.

O São Paulo, porém, descontou três minutos depois. Marlos caiu na área ao ser marcado por Paulão e Gilson. O árbitro assinalou a penalidade, e Rogério Ceni cobrou no canto direito, deslocando o goleiro Victor. O Grêmio ainda teve chance de ampliar aos 44min, em bola parada de Edilson, mas o chute saiu pela linha de fundo.

Jonas e Diego ampliam

No segundo tempo, Sergio Baresi sacou Carleto, deslocando Richarlyson à lateral esquerda e lançando Cleber Santana em campo. A etapa começou animada, com o Grêmio criando boas chances ofensivas. Jonas recebeu bola na área aos 2min e chutou cruzado para a defesa de Ceni.

Quem marcou, porém, foi o São Paulo. Marlos recebeu bola pela direita aos 6min, conduziu em frente à área e chutou no canto direito de Victor para empatar a partida. Após a igualdade, o Grêmio prosseguiu com maior posse de bola, apostando em jogadas pela lateral esquerda com Lúcio. No meio de campo, o que se via era o excesso de faltas duras.

O time visitante abusava das infrações perto da área, facilitando o trabalho do Grêmio. Aos 19min, Edilson chutou da intermediária e Ceni mandou para escanteio após quase se complicar.

Quem realmente se complicou foi Cleber Santana. Aos 21min, o meio-campista errou no domínio dentro da área e bateu o braço na bola. O árbitro indicou pênalti e Jonas cobrou forte no canto direito de Rogério, garantindo seu 14º gol na competição.

Autor de dois gols, André Lima deu lugar ao estreante Diego. E o atacante conseguiu seu primeiro gol com a camisa gremista aos 28min. Lúcio passou pela marcação de Xandão e chutou no meio do gol. Ceni falhou, deu a bola nos pés de Diego e viu o quarto gol do Grêmio.

Com a vitória garantida, o time da casa manteve a bola no ataque, pressionando o São Paulo em busca de uma goleada. Aos 33min, a situação dos visitantes se complicou quando Alex Silva foi expulso após cometer falta na ponta direita do ataque gremista. A equipe anfitriã teve excelente chance de ampliar aos 38min em chute de Jonas, mas Ceni espalmou para fora.

Fonte: Terra, www.terra.com.br