Grêmio vence o Corinthians fora de casa

Douglas faz golaço e Grêmio tira 100% em casa do Corinthians

Os 100% de aproveitamento do Corinthians como mandante no Campeonato Brasileiro chegaram ao fim neste sábado. Com um golaço do meia Douglas - que declarou durante a semana que gostaria de voltar à equipe paulista no futuro - o Grêmio derrubou o vice-líder da competição por 1 a 0, no Pacaembu. Iarley teve a chance de empatar o jogo em cobrança de pênalti, mas teve sua cobrança defendida por Victor.

Com o resultado, o time gaúcho chegou a 26 pontos e abriu seis de distância sobre a zona do rebaixamento. Já o Corinthians parou nos 38, mas manteve a distância de três pontos para o líder Fluminense. Os cariocas, que têm um jogo a mais que os paulistas, perderam por 2 a 1 para o Atlético-GO no Serra Dourada.

A partida começou morna, com muita marcação das duas equipes e nenhuma chance clara de gol. O lance que mais chamou a atenção nos minutos iniciais foi a contusão do volante Ralf, que deixou o campo chorando e teve que dar lugar a Boquita na equipe paulista.



A primeira chegada de perigo do time da casa aconteceu só aos 21min. Elias invadiu a área e bateu rasteiro, mas Victor apareceu bem para fazer a defesa. Os gaúchos responderam aos 29min, em chute forte de Borges de fora da área, que obrigou Júlio César a boa intervenção.

Sem inspiração, o Corinthians sofreu o gol aos 34min graças a um velho conhecido: Douglas. O camisa 10 gremista arrancou pelo meio, colocou a bola entre as pernas de Paulo André em um drible desconcertante e chutou forte, no ângulo de Júlio César. Apesar do golaço, o meia não comemorou, em respeito ao ex-clube.

A equipe tricolor continuou tendo as melhores oportunidades na partida. Aos 43min, Borges foi lançado na área e bateu na saída de Júlio César, mas o goleiro corintiano conseguiu defender. Irritado com a postura do time anfitrião, Adilson Batista mudou o esquema no intervalo: saiu o lateral direito Moacir para a entrada do meia Danilo, que jogou aberto pela esquerda.

O Corinthians voltou muito melhor para o segundo tempo e passou a pressionar a defesa tricolor. Aos 8min, Danilo bateu da entrada da área e Victor salvou o Grêmio. Quatro minutos depois, Bruno César recebeu na área e caiu em disputa com Vilson; o árbitro foi na dele e marcou o pênalti, expulsando o zagueiro. Na cobrança, porém, Iarley parou em Victor.

O sufoco alvinegro para cima do time visitante prosseguiu, mas sem sucesso. Na sequência do lance do pênalti, Iarley recebeu bola na área, com o goleiro já batido, e teve seu chute salvo por Rafael Marques em cima da linha. Para recompor o sistema defensivo, Renato Gaúcho optou por tirar Douglas, que estava muito bem no jogo, para colocar o zagueiro Paulão.

Com um a menos, o Grêmio tentava valorizar a posse de bola, mas sofria com o ímpeto do Corinthians. Aos 23min, Jorge Henrique cruzou rasteiro para a segunda trave e Bruno César apareceu para finalizar cruzado, rente ao poste, para fora. Os donos da casa tentaram até o fim, mas não conseguiram furar o fechado time gremista.

Fonte: Terra, www.terra.com.br