Gremistas se revoltam após a eliminação, e Elano chuta auxiliar

Gremistas se revoltam após a eliminação, e Elano chuta auxiliar

Após o golpe, o meio-campista prontamente saiu do bolo de jogadores, disfarçando o gesto.

Os jogadores do Grêmio se revoltaram com a eliminação da equipe nas quartas de final da Copa Sul-Americana e partiram para cima do trio de arbitragem, que marcou um pênalti para o Millonarios-COL aos 47min do segundo tempo, em duelo realizado em Bogotá, no Estádio El Campín. Sobrou até um chute dado pelo meio-campista Elano, que acertou um dos auxiliares do árbitro Carlos Vera.

A confusão ocorreu logo após o apito final do juiz. Os gremistas partiram para cima da arbitragem, revoltados pela marcação do pênalti ocorrido minutos antes. O técnico Vanderlei Luxemburgo chegou a discutir com Carlos Vera enquanto outros jogadores partiam para cima com fúria, mas eram contidos por policiais.

Foi quando Elano surgiu de repente e, atrás de um grupo de companheiros, desferiu um chute nas partes íntimas de um dos auxiliares. Após o golpe, o meio-campista prontamente saiu do bolo de jogadores, disfarçando o gesto, que não foi percebido pelos demais. O auxiliar foi ao chão com dores, e por lá permaneceu por alguns minutos até ser acudido por membros da polícia local.

O Grêmio vencia o confronto por 1 a 0, mas levou a virada na etapa complementar ao sofrer o segundo gol aos 35min e o terceiro aos 48min, em pênalti bem cobrado por Rentería, que já havia feito um tento no duelo. Como havia triunfado pela diferença mínima no confronto de ida, o time gaúcho deu adeus à competição.

Agora, o Millonarios irá encarar o argentino Tigre na etapa semifinal. Do outro lado da chave, o São Paulo receberá a Universidad Católica do Chile. O Grêmio, por sua vez, volta as atenções para a disputa do Campeonato Brasileiro, competição em que se encontra atualmente na segunda colocação.

Fonte: Terra