Grupo de Palmeirenses é detido após briga

Eles chegaram antes do horário determinado pela Polícia Militar

Um grupo com membros de facções uniformizadas do Palmeiras causou tumulto nas proximidades do estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, onde o Verdão enfrenta o Corinthians neste domingo, pelo Paulistão. Eles chegaram antes do horário determinado pela Polícia Militar, sem escolta, e quiseram romper a barreira de segurança. Houve confronto entre as facções, e cinco membros do grupo foram detidos e encaminhados para a Delegacia Participativa de Presidente Prudente.

De acordo com a PM, o ônibus que trazia esse grupo conseguiu escapar das barreiras nas entradas da cidade e chegou ao estádio antes do horário - a Polícia determinou horários específicos para cada grupo de uniformizadas. Eles acabaram se encontrando com outra facção, também palmeirense, e partiram para o confronto.

- Esses torcedores chegaram fora de hora e sem escolta. Eles devem ter passado a noite em Prudente, pois estamos monitorando os ônibus de organizadas que estão a caminho da cidade neste momento. Eles só poderão entrar em Prudente escoltados e em horários predeterminados - explica o capitão Fontolan, responsável pelo policiamento no Prudentão.

Fontolan explica que o efetivo destacado para essa partida é três vezes maior do que o que é normalmente utilizado em clássicos na capital.

- Serão 700 homens trabalhando especificamente no esquema de segurança.

Fonte: Globo Esporte