Guardiola usa faixa de luto e comenta morte de Tito:Sentirei dor pra sempre

Por respeito a seu antigo auxiliar, treinador deixa de festejar os gols da vitória do Bayern sobre o Werder Bremen e reclama dos jogadores

O técnico Pep Guardiola não vibrou com os gols da vitória do Bayern Munique por 5 a 2 sobre o Werder Bremen, neste sábado, pelo Campeonato Alemão. Durante toda a partida, o espanhol mostrou sinais de abatimento por causa da morte de seu amigo e antigo companheiro de trabalho Tito Vilanova, que faleceu na sexta-feira vítima de um câncer na glândula paródita. Após o duelo, o treinador falou pela primeira vez sobre a perda e não escondeu a tristeza que, segundo ele, permanecerá eternamente em seu coração.

- Éramos muito jovens, nós queríamos ganhar o mundo e ganhamos. Só posso dizer que sentirei para sempre essa dor que carrego dentro de mim.

Guardiola também foi duro ao avaliar a atuação dos bávaros, apesar da vitória. Pep reclamou muito do time por causa da atuação no primeiro tempo - o time fez apenas um gol dos cinco gols na primeira parte do duelo.

- Lamento pelo público porque não merecia ver um primeiro tempo assim. É a primeira vez desde que estou aqui que os jogadores me decepcionam. Pode-se jogar bem ou mal, mas não fomos a equipe que temos sido durante a maior parte da temporada. Na segunda etapa as coisas melhoraram.

Fonte: GloboEsporte