Guerrero decide no segundo tempo, e Corinthians bate Paulista

Guerrero decide no segundo tempo, e Corinthians bate Paulista

A equipe paulista era melhor em campo e tinha boa troca de passes, mas o Paulista também assustava.

O Corinthians ainda não teve a oportunidade de jogar no Pacaembu na noite desta quarta-feira, mas cumpriu o dever de casa e ganhou a segunda seguida no Campeonato Paulista. No Estádio Décio Vitta, em Americana (SP), onde a equipe cumpriu a punição por causa dos sinalizadores utilizados pela torcida na final do torneio em 2013, o time alvinegro contou com gol de Guerrero no segundo tempo para vencer o Paulista por 1 a 0 e continuar 100% no torneio.

A equipe alvinegra, no segundo jogo do retorno do técnico Mano Menezes, fez boa partida, mas encontrou dificuldades para abrir o placar no interior paulista. Com bom toque de bola, mas com abuso dos cruzamentos na área, o clube da capital só conseguiu definir o resultado no segundo tempo, quando encontrava mais dificuldades no confronto, em cabeceada certeira de Guerrero.

O triunfo manteve o clube do Parque São Jorge com 100% de aproveitamento em dois jogos, na liderança do Grupo B. Já o Paulista fica com um ponto, na quarta colocação do Grupo C. Na próxima rodada, a equipe alvinegra tentará manter a boa fase contra o São Bernardo, no sábado, às 21h (de Brasília), no Pacaembu, enquanto o time de Jundiaí pega o Botafogo-SP fora.

Embalado pela vitória na reestreia de Mano Menezes, o Corinthians entrou empolgado na noite desta quarta. Logo aos 6min, a equipe alvinegra viveu um lance incrível: Danilo foi parado duas vezes, em sequência, por grandes defesas do goleiro Juliano. O arqueiro voltou a aparecer aos 20min, em boa defesa após chute de Romarinho.

A equipe paulista era melhor em campo e tinha boa troca de passes, mas o Paulista também assustava. O time do interior teve boa chance aos 30min e quase marcou aos 39min, quando Patrick acertou a trave de Walter em chute de fora da área. Romarinho ainda teve oportunidade de anotar o seu aos 44min, mas o duelo foi para o intervalo em igualdade sem gols.

Na volta para os últimos 45 minutos, o Corinthians continuou melhor e logo aos 6min Guerrero só não marcou, pois Diegoi Santos se atirou com precisão na bola e desviou-a para escanteio. Com o passar do tempo, a o clube da capital viu o Paulista encaixar a marcação e as chances de gol caíram a quase zero. Aos 33min, contudo, Emerson, que entrou no lugar de Romarinho, cruzou boa bola para Guerrero cabecear com precisão e deixar o Corinthians na frente.

Fonte: Terra