Guia: risco de rebaixamento do Vasco vai a 67% e tem aproximação do Bahia

Cruzeiro confirma título matematicamente, Bota cai muito na luta pela Libertadores, e Flu respira com 32% na parte de baixo da tabela. Inter e Fla zer

Na rodada em que o Cruzeiro confirmou o título do Campeonato Brasileiro, o sobe e desce na região do rebaixamento não deixa nenhum torcedor dormir tranquilo. Com a Ponte Preta muito perto de fazer companhia ao Náutico na Série B de 2014, outras seis equipes ainda brigam ponto a ponto para respirar, a apenas quatro partidas no fim da competição. O Vasco, no entanto, sai com mais motivos para se preocupar após perder para o Grêmio e ver Fluminense e Criciúma vencerem seus compromissos. O risco de queda do clube de São Januário, em 18º lugar, pulou de 41% para 67%, de acordo com os cálculos do matemático Oswald de Souza.

A goleada sofrida para o Santos, nessa quinta-feira, fez o Bahia entrar no Z-4 depois de 32 jogos. Menos mal que agora vá enfrentar o Timbu, que serviu de vítima para o fim do longo jejum do Tricolor carioca, no Maracanã. Ainda assim, seus números foram de 32% para 46%. O time de Cristóvão Borges ainda tem dois rivais diretos pela frente: Portuguesa (que aparece com 13%) e o próprio Flu (que caiu de 52% para 32%). O Coritiba é outro que pode carecer de dois triunfos.


Guia: risco de rebaixamento do Vasco vai a 67% e tem aproximação do Bahia

Na parte de cima da classificação, o drama também existe. Com o empate em casa com a Lusa, o Botafogo viu suas chances de ir à Libertadores caírem de 52% para 41%. O Glorioso perdeu seu posto no G-4 para o Goiás, que, em grande fase, saltou de 50% para 69%. Mesmo com o revés na rodada, o Atlético-PR pouco mudou seus números: de 94% foi para 91%. Mas o Grêmio chegou a 87% e precisa de duas vitórias nos quatro confrontos para se confirmar virtualmente.

Com os resultados deste meio de semana, Internacional e Flamengo já não são mais capazes de se garantir no principal torneio sul-americano via Brasileirão. Por sua vez, Corinthians e Santos venceram e eliminaram qualquer risco de rebaixamento - ambos têm 48 pontos e somam, juntos, 1% para obter uma vaga na Libertadores. São Paulo e Vitória, de longe, fecham o grupo.

Fonte: Globo Esporte