Hamilton é pole na Malásia, e McLaren repete dobradinha; Massa sai em 12º

Hamilton é pole na Malásia, e McLaren repete dobradinha; Massa sai em 12º

Fora do Q3, brasileiro larga uma posição à frente de Bruno Senna.

A primeira fila do grid de largada do GP da Malásia deste domingo será exatamente igual à de Melbourne, no fim de semana passado. Com o tempo de 1m37s813, Lewis Hamilton confirmou o bom desempenho nos treinos livres e garantiu sua segunda pole position na temporada. Seu companheiro Jenson Button ficou com a segunda posição, completando mais uma dobradinha da McLaren.

Felipe Massa e Bruno Senna ficaram fora da superpole. Ambos avançaram com dificuldade ao Q2 e acabaram eliminados na segunda parte do treino. Bruno largará na 13ª posição, duas atrás do companheiro de Williams, Pastor Maldonado. Massa, com o tempo de 1m37s731, ficou com a 12ª posição no grid de largada. O brasileiro foi três décimos mais lento que o mexicano Sergio Pérez, da Sauber, dono da última vaga no Q3. Apesar da colocação, o piloto da Ferrari ressaltou a melhora do carro, que teve o chassi trocado para a prova malaia.

- Sem dúvida algo de positivo aconteceu. Vinha sofrendo esses dias para achar o balanço ideal, as peças ideais para o ajuste do carro. Para classificação tivemos uma melhora do carro. Independentemente de não ter sido suficiente para passar ao Q3, houve uma melhora no carro - destacou.

O heptacampeão Michael Schumacher, da Mercedes, conseguiu o terceiro lugar no grid, melhor posição desde seu retorno à Fórmula 1 em 2010. Mark Webber pela segunda vez no ano bateu o companheiro de RBR, o atual campeão Sebastian Vettel - cena rara em 2011, e largará em quarto. O finlandês Kimi Raikkonen, da Lotus, fez o quinto melhor tempo, mas como foi punido com a perda de cinco posições no grid, largará apenas na décima posição.

Massa e Senna têm dificuldades para avançar ao Q2

No Q1, como já é de costume, os seis pilotos das três equipes "nanicas" foram eliminados: Heikki Kovalainen e Vitaly Petrov, da Caterham, Timo Glock e Charles Pic, da Marussia e Pedro de la Rosa e Narain Karthikeyan, da HRT. Os dois últimos, pelo menos, conseguiram marcar tempo dentro dos 107% e irão participar do GP da Malásia, após ficarem de fora da prova australiana. A sétima "vítima" foi o francês Jean-Eric Vergne, da STR. Massa e Senna não fizeram uma boa primeira sessão e avançaram para o Q2 com o 15º e o 17º tempos, respectivamente. O destaque desta parte do treino foi companheiro de Bruno na Williams, o venezuelano Pastor Maldonado, com o quinto tempo. A melhor volta foi de Webber. O australiano fez um ótimo tempo com pneus duros: 1m37s172, quase meio segundo abaixo de Schumacher.

Brasileiros ficam fora da superpole

Depois das dificuldades na primeira parte do treino, Massa e Senna foram eliminados no Q2. O piloto da Ferrari marcou 1m37s731, três décimos acima de Sergio Pérez, da Sauber, e largará na 12ª posição. Já Bruno saiu dos boxes apenas no fim da atividade e ficou com o 13º tempo, um décimo assim do compatriota. Seu companheiro de equipe, Maldonado, após uma boa exibição no Q1, passeou na brita logo no início da segunda sessão, perdeu tempo nos boxes para limpar o assoalho do carro e também ficou de fora da superpole. O melhor tempo da sessão foi de Kimi Raikkonen, da Lotus: 1m36s715. Nico Rosberg e Michael Schumacher, da Mercedes, deixaram para fazer a volta rápida com o cronômetro zerado, mas confirmaram o bom desempenho nos treinos livres e avançaram em terceiro e quarto, respectivamente.

Hamilton faz a pole e Button garante dobradinha da McLaren

Mais rápido nas atividades livres de sexta-feira, Hamilton esteve discreto nas duas primeiras sessões do treino classificatório. Mas parece que o inglês guardou as energias para a superpole, quando anotou 1m36s219 e nem precisou baixar o tempo em sua última volta rápida para garantir a segunda pole position na temporada. Com o cronômetro zerado, Button arrancou o segundo lugar de Schumacher e garantiu mais uma dobradinha da McLaren. Assim como na Austrália, Vettel ficou atrás de Webber, quarto colocado. O bicampeão mundial fez o sexto melhor tempo, mas largará logo atrás do companheiro de RBR, em razão da punição de cinco posições recebida por Raikkonen, autor do quinto melhor tempo. Com problemas no KERS (sistema de recuperação de energia cinética), Fernando Alonsou ficou com oitavo lugar do grid.

Confira como ficou grid de largada para o GP da Malásia de 2012:

1 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1m36s219

2 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 1m36s368

3 - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1m36s391

4 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 1m36s461

5 - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) - 1m36s461

6 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 1m36s634

7 - Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) - 1m36s658

8 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1m36s664

9 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1m37s566

10 - Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) - 1m37s698

Eliminados na segunda parte do treino classificatório:

11 - Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) - 1m37s589

12 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1m37s731

13 - Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) - 1m37s841

14 - Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - 1m37s877

15 - Daniel Ricciardo (AUS/STR-Ferrari) - 1m37s883

16 - Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) - 1m37s890

17 - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - 1m38s069

Eliminados na primeira parte do treino classificatório:

18 - Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari) - 1m39.077

19 - Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) - 1m39.306

20 - Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) - 1m39.567

21 - Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) - 1m40.903

22 - Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) - 1m41.250

23 - Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) - 1m42.914

24 - Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) - 1m43.655

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com