Hamilton larga na pole na Austrália, enquanto Ferrari decepciona

Hamilton larga na pole na Austrália, enquanto Ferrari decepciona

Hamilton comandou dobradinha da McLaren no treino de classificação em Albert Park.

A primeira corrida da temporada 2012 da Fórmula 1 terá uma dobradinha da McLaren. Neste sábado, Lewis Hamilton foi o mais rápido no treino de classificação e sairá em primeiro no circuito de Albert Park. Jenson Button, seu companheiro de equipe, largará em segundo. Atual bicampeão mundial, Sebastian Vettel conseguiu a sexta posição no grid, logo atrás de Mark Webber, seu colega na Red Bull.

A maior decepção do dia ficou por conta da Ferrari. Tanto Fernando Alonso como Felipe Massa enfrentaram muitos problemas com o carro e sequer ficaram entre os dez primeiros no grid. O espanhol rodou e sairá na 12ª posição. O brasileiro também não conseguiu um bom tempo e largará em 16º.

Romain Grosjean foi um dos destaques do treino. O francês teve um bom desempenho com sua Lotus e largará em terceiro. Seu companheiro de equipe, porem, não teve a mesma sorte. Em seu retorno à Fórmula 1, o finlandês Kimi Räikkönen foi eliminado logo no Q1 e sairá em 17º.

Pole position, Hamilton fez sua melhor volta em 1min24s922. Button teve um ritmo muito parecido com o de seu companheiro de equipe: com a marca de 1min25s074, ele assegurou a segunda posição no grid.

Os pilotos da Red Bull não tiveram a mesma facilidade encontrada nas provas da temporada passada. Mark Webber e Sebastian Vettel sentiram a forte concorrência dos rivais e colocaram seus carros na terceira fila.

O Q1 apresentou uma série de surpresas. Felipe Massa enfrentou muitos problemas e por pouco não ficou fora da segunda parte do treino. O piloto da Ferrari ficou em 17º lugar, pouco mais de 0s1 à frente de Kimi Räikkönen, primeiro eliminado. O brasileiro não conseguiu uma boa volta mesmo quando seu carro esteve com pneus macios.

Nesta primeira parte, as três primeiras posições ficaram com pilotos que geralmente não figurariam na lista de favoritos: Kamui Kobayashi, Jean-Éric Vergne e Romain Grosjean, respectivamente.

Os dois carros da HRT, pilotados por Pedro de la Rosa e Narain Kartikheyan, fizeram tempos acima do limite estabelecido e dependiam de uma autorização da FIA para participar da corrida. No entanto, a entidade não atendeu ao pedido da equipe e os dois pilotos estão fora da prova.

O dia não era mesmo da Ferrari. Logo no início do Q2, Alonso errou, rodou e seu carro parou na caixa de brita. Irritado, o espanhol até discutiu com um fiscal. O treino foi interrompido e retomado poucos minutos depois. O espanhol havia completado uma volta antes de rodar, mas o tempo não foi suficiente para levá-lo ao Q3 ? ele sairá na 12ª posição.

Fonte: UOL