Havelange e Ricardo Teixeira devolvem suborno após acordo

Fifa teria em seu poder documentos que comprovam atos de corrupção

Os brasileiros João Havelange, ex-presidente da Fifa, e Ricardo Teixeira, atual presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), estariam envolvidos em casos de corrupção, segundo afirmou neste domingo a rede de televisão britânica BBC.

De acordo com o canal, ambos tiveram que devolver subornos que teriam recebido de uma empresa de marketing esportivo após terem chegado a um acordo com a justiça.

A Fifa teria em seu poder documentos que comprovam que tanto Teixeira como Havelange receberam subornos da empresa International Sports and Leisure (ISL).

Após uma investigação realizada por um tribunal da Suíça, no ano passado, ambas as partes teriam chegado a um acordo e o dinheiro foi devolvido para a empresa, informou a BBC, que divulgará mais detalhes sobre o caso no programa de investigação Panorama.

A televisão britânica também disse possuir provas de que Jack Warner, vice-presidente da Fifa, teria vendido ilegalmente ingressos para a Copa do Mundo de 2006 através de um intermediário.

Fonte: Terra, www.terra.com.br