Henrique explica por que preferiu oferta do Palmeiras ao Flamengo

Henrique explica por que preferiu oferta do Palmeiras ao Flamengo

Em sua primeira entrevista coletiva como jogador palmeirense, ele explicou sua opção.

O atacante Henrique foi apresentado nesta quinta-feira pelo Palmeiras e revelou que tinha seis clubes interessados no seu futebol. Entre eles o Flamengo, adversário deste domingo, às 16h (horário de Brasília), no Maracanã, pela terceira rodada do Brasileirão. Em sua primeira entrevista coletiva como jogador palmeirense, ele explicou sua opção.

- Quando meu empresário me apresentou as propostas de Palmeiras e Flamengo, escolhi o Palmeiras pelo trabalho que vem sendo realizado aqui pelo elenco e comissão técnica. Também porque sou de São Paulo e vi a força da torcida quando joguei contra. Eles empurram do primeiro ao último minuto. Esses fatores foram decisivos - explicou.

Contratado inicialmente para ser o reserva de Alan Kardec, Henrique virou a solução do ataque após a saída do ex-titular do Verdão para o São Paulo. Tanto que ele já pode estrear diante do Rubro-Negro.

- O Alan é um grande jogador, mas não quero me comparar. São estilos diferentes. Sou mais aquele cara de referência, que briga por todas entre os zagueiros. Sempre procuro empurrar a bola para o gol. Estou à disposição e, se o Gilson quiser, posso estrear - disse.

Cedido pelo Mirassol até o fim do ano, o centroavante, de 24 anos, espera ter no Verdão o espaço que não teve no Santos. No ano passado, Henrique teve passagem discreta pelo time da Baixada Santista depois de se destacar pelo Mogi Mirim. Agora, após fazer sete gols pela Portuguesa no Campeonato Paulista, ele tem a chance de dar a volta por cima.

- Cheguei (ao Santos) a pedido do Muricy Ramalho e tive poucas chances. Joguei dois jogos e depois ele foi embora. Assumiu o Claudinei (Oliveira) e perdi espaço. Ele não gostava de atuar com um jogador de referência. Agora estou mais maduro e com força de vontade para superar momentos que não são bons - finalizou.

Fonte: GloboEsporte