Imprensa estrangeira se divide entre ‘escândalo’ e o golaço de Ronaldinho

Alguns jornais, principalmente o argentino “Olé”, enfatizaram a confusão entre os jogadores do time visitante e a polícia local

Não levou muito tempo até que a goleada do Atlético-MG por 5 a 2 sobre o Arsenal, em Belo Horizonte, nesta quarta-feira, pela Libertadores, começasse a repercutir fora do Brasil. Parte por conta do show comandado por Ronaldinho Gaúcho que marcou um verdadeiro golaço, ao acertar o ângulo adversário em uma cavadinha. Mas alguns jornais, principalmente o argentino ?Olé?, enfatizaram a confusão entre os jogadores do time visitante e a polícia local ao final da partida.



O diário ?Olé? falou em um escândalo no ?país do próximo Mundial?, lembrando que há quatro meses o também argentino Tigres encontrou um problema semelhante - na ocasião a equipe hermana se envolveu em uma confusão com os dirigentes são-paulinos no intervalo e sequer voltou para o segundo tempo. O jornal reconheceu que foram os argentinos que começaram a briga, mas criticou veementemente a postura dos policiais mineiros.

Os ingleses ?The Guardian? e ?Daily Mail? também deram espaço para a confusão entre policiais e jogadores em Belo Horizonte. Esse segundo destaca o uso de armas de borracha dos brasileiros dentro do gramado, ainda que enfatize também a atuação de destaque de Ronaldinho Gaúcho.

Já os espanhóis praticamente ignoraram a confusão do final da partida e deram destaque quase que absoluto para Ronaldinho e a vitória atleticana - ambos destacando a brilhante campanha do Galo na Libertadores, com cinco vitórias em cinco partidas disputadas.

Fonte: Extra