Libertadores: Ingressos para a final chegam a custar R$ 22 mil

No site Ticketbis, por exemplo, uma entrada para a cadeira laranja chegou a custar mais de R$ 22 mil na tarde da última quinta-feira.

Muitos associados do programa Fiel Torcedor não conseguiram efetuar a compra de ingresso para a final da Libertadores entre Corinthians x Boca Juniors, dia 4 de julho, no Pacaembu. Em muitos casos, o sistema caiu durante a compra, inviabilizando a aquisição do bilhete. Alguns sortudos aproveitaram o desespero de outros torcedores para tentar revender a preços exorbitantes.



No site Ticketbis, por exemplo, uma entrada para a cadeira laranja chegou a custar mais de R$ 22 mil na tarde da última quinta-feira. Poucas horas depois, no entanto, a oferta já não estava mais disponível.

A página eletrônica funciona da seguinte maneira: a pessoa que possui o ingresso coloca à venda. Quanto maior a procura, mais caro fica o tíquete. O site fatura na intermediação do bilhete.

O rápido esgotamento dos ingressos para a decisão se deve basicamente a dois fatores: a enorme procura, algo justificável em se tratando de uma final, mas também ao veto de dois setores para a venda aos próprios torcedores do programa Fiel Torcedor.

O portão 21, que é normalmente comercializado pelo Fiel Torcedor, será reservado a convidados da Conmebol, reduzindo a carga de ingressos para a venda online.

Já o setor amarelo da arquibancada será direcionado a torcedores de organizadas previamente cadastrados.

Os clientes do Fiel Torcedor, portanto, teve direito a comprar apenas entradas do setor verde da arquibancada, tobogã, cadeiras laranjas, numeradas e setor VIP.

Torcedor comum não teve acesso a ingressos. Já os fãs do Boca terão direito a 2.450 lugares no Pacaembu.

Fonte: UOL