Inter define Fernandão como dirigente e Cuca poderá ser técnico

Inter define Fernandão como dirigente e Cuca poderá ser técnico

Fernandão deixa os gramados para virar dirigente do Inter

Após demitir Paulo Roberto Falcão, um dos maiores ídolos da história do Internacional, o presidente do clube, Giovanni Luigi, decidiu apostar em outro jogador símbolo do Beira-Rio. O mandatário acertou a contratação de Fernandão como novo diretor-executivo de futebol do clube. Além disso, Cuca deve ser anunciado como novo treinador da equipe em breve.

Capitão do Inter nas conquistas da Libertadores e do Mundial de 2006, Fernandão deixou o Beira-Rio em 2008. Depois de passagens pelo futebol árabe e pelo Goiás, chegou ao São Paulo, clube em que ficou até maio de 2011.

Aos 33 anos, Fernandão não chegou a anunciar sua aposentadoria como jogador, mas agora troca os gramados pelo cargo de dirigente. Sua função no Inter será diretamente ligada ao relacionamento com os atletas.

Já Luis Anápio, vice-presidente do Inter, acumulará a função de vice-presidente de futebol em substituição a Roberto Siegmann, também demitido nessa segunda-feira.

Novo técnico

Após a demissão de Falcão, Cuca está muito próximo do Beira-Rio. Entretanto, fontes ligadas ao presidente Giovanni Luigi dizem que o treinador é um plano B.

Antes de negociar com Cuca, o Inter teria tentado a contratação de Dunga, que, porém, afirmou que só assumiria o clube em início de temporada.

Além de técnicos e dirigentes, o pacote de contratações do Inter ainda conta com o atacante Jô, ex-Corinthians e Manchester City, e com o volante Sandro Silva, que passou pelo Palmeiras e estava no Málaga, da Espanha.

Sandro Silva está no Beira-Rio para assinar contrato e deve ser apresentado ainda nesta terça-feira.

Fonte: Terra, www.terra.com.br