Inter e Chelsea confirmam: Oscar é negociado e jogará na Inglaterra

Meia será apresentado pelos Blues após as Olimpíadas de Londres. Tempo e valor do contrato ainda não foram revelados pelos clubes


Inter e Chelsea confirmam: Oscar é negociado e jogará na Inglaterra

Internacional e Chelsea anunciaram nesta quarta-feira, em seus sites oficiais, que o meia Oscar está negociado e defenderá a camisa dos Blues após as Olimpíadas de Londres.

Em uma nota oficial, o Colorado afirmou que Oscar se apresentará ao novo clube depois de representar a Seleção nos Jogos. Os valores da negociação e o tempo de contrato não foram divulgados, mas a imprensa inglesa diz que o Chelsea pagará £ 25 milhões (R$ 79,2 milhões) pelo jogador. Caso o valor se confirme, será a maior transferência da história do futebol brasileiro. O Inter tinha 50% dos direitos econômicos do atleta.

Oscar está concentrado com a Seleção para a estreia nas Olimpíadas na quinta contra o Egito, pelo Grupo C, em Cardiff, no País de Gales. O meia é o camisa 10 e está confirmado como titular por Mano Menezes.

Na última semana, assim que chegou em Londres para os Jogos, o meia já havia feito exames médicos no novo clube. A assinatura do contrato estava prevista para ocorrer na sexta-feira, em Manchester, onde o Brasil enfrentará a Bielorrússia no domingo pela segunda rodada.

No Chelsea, Oscar vai se juntar a outros três brasileiros: o zagueiro David Luiz, o volante Ramires e o atacante Lucas Piazon. O meia era pretendido também por outro clube londrino: o Tottenham, do ex-colorado Sandro. Porém, a proposta dos Blues foi mais vantajosa e convenceu o Inter a liberar o atleta, que recentemente teve os direitos adquiridos ao São Paulo por conta de um imbróglio na Justiça.

Durante seus quase dois anos de Inter, Oscar disputou 70 partidas, marcou 19 gols e virou uma das referências técnicas da equipe. Atuando pelo clube gaúcho, o meia chegou à Seleção Brasileira Sub-20 que conquistou o Mundial da categoria. Ele foi o principal destaque da competição e marcou os três gols do Brasil na final diante de Portugal. Neste ano, foi convocado para a Seleção principal e conquistou uma vaga de titular na equipe olímpica, comandada por Mano Menezes.

Disputa com o São Paulo

Após um imbróglio judicial com o São Paulo, o Inter acertou no fim de maio deste ano a compra de Oscar ao pagar uma multa rescisória de R$ 15 milhões - cifra que corresponde a R$ 9,5 mihões do valor original, mais juros e uma indenização pedida pelo Tricolor Paulista por perdas e danos pelo período de litígio.

O jogador havia entrado na Justiça no dia 18 de dezembro de 2009 pedindo liberação do clube do Morumbi. À época com 18 anos, Oscar alegou que havia sido coagido ainda menor de idade (16) pela diretoria tricolor a assinar um contrato de cinco anos.

Fonte: GloboEsporte.com