Inter de Milão passeia contra coreanos e vai à final do Mundial

Inter de Milão passeia contra coreanos e vai à final do Mundial

Zanetti vibra com gol na fácil vitória da Inter de Milão

O Mundial de Clubes já conhece seus dois finalistas. Com grande atuação de Milito, a Inter de Milão fez sua estreia nesta quarta-feira e venceu os coreanos do Seongnam com facilidade por 3 a 0, avançando à decisão do torneio da Fifa. A equipe italiana decide o título com o Mazembe, do Congo, que eliminou o Internacional na última terça-feira. A equipe gaúcha duelará pelo terceiro lugar com o Seongnam.

A Inter foi a campo sem sua força máxima. O lateral direito Maicon, que se recupera de lesão, permaneceu no banco. Júlio César e Thiago Mota representaram os brasileiros em campo. Já Philippe Coutinho, lesionado, nem viajou a Abu Dhabi.

A partida começou dando a impressão de que a Inter enfrentaria problemas. Com menos de um minuto, Sneijder sentiu lesão na coxa esquerda e precisou ser substituído pelo brasileiro Thiago Motta. Na sequência, porém, Stankovic aproveitou sobra na entrada da área e finalizou no canto esquerdo para abrir o placar.

Com a vantagem, o time italiano passou a jogar mais à vontade, trocando passes com tranquilidade no campo de ataque. As chances do Seongnam vinham de chutes de fora da área, como uma finalização do ex-santista Molina que passou longe do gol de Júlio César aos 15min.

A Inter de Milão já ensaiava seu segundo gol e venceu o goleiro Jung novamente aos 32min. Zanetti arrancou pelo meio de campo e tocou para Milito, que devolveu de calcanhar. O defensor tocou na saída do arqueiro e fez um lindo gol. A primeira boa chance de gol do time coreano saiu somente aos 36min, em cabeçada de Radoncic que deu trabalho a Júlio César.

Pelo alto era o caminho possível para o Seongnam. Aos 41min, Cho cabeceou depois de cobrança de falta de Molina e mandou perto do gol, contando com saída errada de Júlio César. O momento melhor do time coreano durou até o final do primeiro tempo, que se encerrou aos 48min com perigosa cobrança de falta de Molina.

Depois do intervalo, a partida caiu de ritmo, com a Inter de Milão priorizando a marcação na intermediária para minar a saída de bola adversária. A primeira boa chance da equipe italiana saiu somente aos 15min, em jogada de Stankovic pela direita, mas Jae Ko cortou o cruzamento.

A resposta do Seongnam saiu três minutos depois, em chute de Jae Jo que passou perigosamente perto do gol de Julio César. O time coreano trocava passes em busca de espaços na marcação da Inter, mas sem resultado.

Aos 27min, a equipe italiana fez seu terceiro gol. Eto"o chutou forte e Sung Jung espalmou. Militou veio no rebote e ampliou para a Inter. Três minutos depois, o Seongnam ficou perto do seu primeiro gol depois de rebote de Júlio César em cobrança de falta, mas Radoncic errou a finalização.

Com o placar mais tranquilo, o técnico Rafa Benítez aproveitou para sacar alguns jogadores, poupando-os para a decisão. A Inter de Milão jogou com calma nos minutos finais, assegurando seus atletas para o Mundial.

Fonte: Terra, www.terra.com.br