Inter terá que se arriscar para eliminar S.Paulo

"Precisamos ter personalidade", afirmou o técnico do Internacional

Depois de comandar treino fechado no Beira-Rio, na tarde desta terça-feira (3), o técnico Celso Roth falou com a imprensa sobre a importância da partida de quinta-feira (5), no Morumbi, às 21h50 (horário de Brasília). Apesar da vantagem para a semifinal da Libertadores, contra o São Paulo, o técnico do Inter prevê um jogo complicado e pede personalidade aos seus jogadores.

- É um jogo muito importante, muito difícil. O São Paulo vai vir para cima, mas nós temos que ter o contra-veneno. Foi isso que treinamos. Precisamos ter personalidade. Em algum momento vamos ter que tomar uma atitude de risco. O grupo é muito experiente e não é a primeira vez que vai jogar uma semifinal. Estamos bem preparados.

Como perderam o primeiro jogo por 1 a 0, os paulistas precisam vencer a partida. Derrota por um gol de diferença a partir do 2 a 1 também serve ao Colorado. Por isso, o Inter não deve fazer como o São Paulo, que prezou pelo jogo defensivo em Porto Alegre. O treinador também adiantou que não deve falar sobre motivação aos atletas antes da semifinal e sim, sobre o esquema tático.

- Motivação é um fator interno, é o que a gente quer. Pela experiência do grupo, eles estão vendo e sentindo o momento. Por isso, a minha palavra vai ser sobre a atitude tática do jogo. É o jogo da vida do São Paulo? É. Mas aqui também é o jogo da nossa vida.

O Inter fará mais um treino na manhã desta quarta-feira (4), no Beira-Rio. No começo da tarde, embarca para São Paulo, onde permanecerá em concentração total até a hora do jogo.

Fonte: R7, www.r7.com