Inter vence Ceará  por 2 a 1 e se aproxima do G-4

Inter vence Ceará por 2 a 1 e se aproxima do G-4

O triunfo confirma a boa fase da equipe gaúcha e representa a segunda vitória de Celso Roth no comando

O Internacional recebeu o vice-líder e invicto Ceará no Estádio Beira-Rio neste domingo, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, e não teve muita dificuldade para furar a melhor defesa da competição e vencer por 2 a 1.

O triunfo confirma a boa fase da equipe gaúcha e representa a segunda vitória de Celso Roth no comando do time, em dois jogos, além da proximidade do G-4. Já o Ceará, que não tomava um gol desde a segunda rodada, perdeu a invencibilidade. Apesar dos gols, continua como a defesa menos vazada do torneio, com apenas três gols sofridos.

O primeiro tempo foi devagar, sem muitas chances claras de gol. O Inter, por jogar em casa, foi quem mais saiu para o jogo. O primeiro lance de perigo foi aos 10min, com D"Alessandro. O argentino recebeu bom passe de Sandro dentro da área, pelo lado direito, sem marcação. O goleiro Diego saiu bem e cortou o cruzamento do jogador do Inter.

Aos 16min saiu o gol. Giuliano penetrou na área pelo lado esquerdo, foi levemente tocado por Michel e se jogou. O árbitro Alício Pena Júnior marcou pênalti, muito contestado pelos cearenses. Alecsandro bateu firme no canto direito, no alto, quebrando uma invencibilidade de Diego de 608 minutos sem tomar gols.

O único lance de ataque do Ceará foi aos 22min. Careca recebeu lançamento dentro da área, no lado esquerdo, matou no peito e chutou sem deixar a bola cair, no canto direito de Abbondanzieri, que espalmou para escanteio.

No primeiro minuto do segundo tempo, o time anfitrião ampliou, em bela triangulação. Taison, pelo lado esquerdo próximo da linha de fundo, viu D"Alessandro penetrando na grande área e tocou. O argentino, tocou de primeira para trás, onde estava Kleber, que chutou com força no canto direito.

Aos 11min, em posição de impedimento, Giuliano recebeu pelo lado direito e avançou. Na entrada da área, chutou cruzado, e a bola resvalou na trave antes de sair pela linha de fundo. Seis minutos depois, o Ceará descontou, com a colaboração do goleiro Abbondanzieri. Michel recebeu a bola a cinco metros da grande área e bateu forte e rasteiro, no meio do gol. O arqueiro do Inter se posicionou mal e aceitou.

Com a vantagem de apenas um gol, o time da casa diminuiu o ritmo, focando mais a marcação e a saída nos contra-ataques, o que animou os cearenses, que começaram a tomar mais a iniciativa. A pressão, no entanto, não foi suficiente para alterar o marcador na cidade de Porto Alegre.

Com o resultado, o Internacional chegou aos 13 pontos, ocupando provisoriamente a sexta colocação. O Ceará permanece com 18 e é o vice-líder do Brasileiro, independentemente dos jogos que ocorrem no complemento da rodada neste domingo.

Na próxima rodada, o clube gaúcho vai até Minas Gerais para enfrentar o Atlético-MG, na Arena do Jacaré, na cidade de Sete Lagoas, às 19h30 (de Brasília) de quarta-feira. Já o Ceará visita o Guarani na cidade de Campinas, na quinta-feira, às 21h (de Brasília), no Estádio Brinco de Ouro da Princesa.

FICHA TÉCNICA

Internacional 2 x 1 Ceará

Gols

Internacional: Alecsandro, aos 16min do 1º tempo, e Kléber, a 1min do 2º tempo.

Atlético-GO: Michel, aos 17min do 2º tempo.

Ponto Forte do Internacional

D"Alessandro esteve em uma tarde inspirada e organizou quase todas as jogadas de perigo do time gaúcho.

Ponto Forte do Ceará

Os cearenses não se abateram com o segundo gol sofrido e saíram para buscar o empate, tocando bem a bola e sem desespero.

Ponto Fraco do Internacional

O goleiro Abbondanzieri tomou um frango, o que permitiu o crescimento do Ceará na partida.

Ponto Fraco do Ceará

Deu muito espaço para o meia D"Alessandro, responsável por quase todos os lances de perigo do time da casa.

Personagem do jogo

Com dois gols de vantagem, o Inter caminhava para uma vitória tranquila em casa. Mas a falha de Abbondanzieri no gol do Ceará poderia ter levado sua equipe a sair de campo sem os três pontos.

Esquema Tático do Internacional

4-4-2

Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Índio e Kléber; Sandro, Wilson Mathias (Glaydson), D"Alessandro e Giuliano (Andrezinho); Taison (Éverton) e Alecsandro. Técnico: Celso Roth

Esquema Tático do Ceará

4-4-2

Diego; Oziel, Ânderson, Jorge Luiz e Ernandes; Michel (Camilo), Careca, João Marcos e Geraldo (Erick Flores); Misael (Tony) e Washington. Técnico: Estevam Soares.

Cartões amarelos

Internacional: Wilson Mathias, Alecsandro, Sandro e Éverton

Ceará: Michel e Washington

Árbitro

Alício Pena Júnior (MG)

Local

Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Fonte: Terra, www.terra.com.br