Inter vence por 3x0 e Vasco pode perder liderança

Inter vence por 3x0 e Vasco pode perder liderança

A derrota pode tirar o time carioca da liderança, já que o Corinthians, que tem dois pontos a menos, joga às 18h (de Brasília) contra o Atlético-GO

O líder Vasco da Gama foi até Porto Alegre e foi derrotado pelo Internacional por 3 a 0, gols de D"Alessandro, Índio e Tinga, em jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. A derrota pode tirar o time carioca da liderança, já que o Corinthians, que tem dois pontos a menos, joga às 18h (de Brasília) contra o Atlético-GO.

O Vasco começou o primeiro tempo pressionado e viu Fernando Prass impedir o primeiro gol da equipe gaúcha. Jogando no 4-2-3-1, o Inter ganhou o meio e empurrou o Vasco para seu campo de defesa. Aos 5min, o lateral Nei entrou em diagonal, tabelou com Jô na entrada da área e chutou forte; o goleiro do Vasco fez linda defesa. Dois minutos depois, Ilsinho explorou as costas do lateral Fagner, invadiu a área e chutou para mais uma defesa de Prass.

Com Diego Souza e Felipe bem marcados e Alecsandro isolado, o Internacional continuou tendo o domínio da partida e criando chances. Aos 22min, D"Alessandro disparou cruzado, mas esbarrou em mais uma bela defesa de Fernando Prass. A primeira chance clara do Vasco surgiu no minuto 26: Éder Luís cruzou e Diego Souza deu um lindo voleio. Muriel defendeu em dois tempos.

Aos poucos o Vasco acertou a marcação e teve mais posse de bola, deixando o jogo mais truncado. Antes do árbitro apitar o fim do primeiro tempo, Bolatti chutou e Prass espalmou. Aos 46min, Diego Souza recebeu cruzamento da direita e deu um peixinho que passou com perigo.

Na volta do intervalo, a mesma estrutura tática se manteve no Inter. Já o Vasco voltou com Diego Rosa no lugar de Felipe, sem ritmo de jogo. Logo aos 4min a insistência do time da casa deu certo. Andrezinho descobriu D"Alessandro sozinho dentro da área; o argentino chutou de direita e contou com o desvio de Renato Silva para abrir o placar e marcar seu sexto gol no campeonato.

Com dores no joelho, o meia Andrezinho foi substituído por João Paulo, que logo após entrar fez boa jogada pela esquerda e chutou, para mais uma defesa de Prass. Aos 18min, Diego Rosa entra na área e é tocado por Índio. Alício Pena não marca a penalidade e dá cartão amarelo para o vascaíno por simulação.

À frente no placar, o Internacional tirou o pé do acelerador para explorar os contra-ataques e viu o Vasco começar a criar no campo ofensivo. Aos 24min, Éder Luís chutou de fora da área e Muriel espalmou.

Porém, aos 31min da etapa complementar, em falta cobrada na lateral, Bolatti cabeceou e Prass rebateu. Índio pegou a sobra e completou para o gol, marcando o segundo gol do Inter. Aos 44min, veio o golpe final: João Paulo fez mais uma bela jogada pela esquerda e cruzou para a área; Tinga só empurrou para fechar o placar em 3 a 0.

Com o resultado, o Vasco continua com 50 pontos e pode perder a liderança para o Corinthians, que joga às 18h (de Brasília) contra o Atlético-GO. Já o Inter continua na sétima posição, com 43 pontos, quatro pontos atrás do São Paulo, o quarto colocado. Na próxima rodada o time gaúcho enfrenta o São Paulo no Morumbi. Já o Vasco vai até Curitiba enfrentar o Atlético-PR.

Ficha técnica

INTERNACIONAL 3 x 0 VASCO

Gols

INTERNACIONAL: D"Alessandro, aos 4min, Índio aos 31min e Tinga aos 44min do segundo tempo

INTERNACIONAL: Muriel, Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho (João Paulo), Ilsinho e D"Alessandro (Tinga); Jô.

Treinador: Dorival Júnior

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Renato Silva, Victor Ramos e Jumar; Romulo, Eduardo Costa (Fellipe Bastos), Felipe (Diego Rosa) e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro (Bernardo).

Treinador: Cristóvão Borges

Cartões amarelos

INTERNACIONAL: Jô e Índio

VASCO: Jumar, Leandro, Fernando Prass, Fagner e Diego Rosa

Árbitro

Alicio Pena Júnior (MG)

Local

Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Fonte: Terra, www.terra.com.br