Inter derrota o Vasco e segue na 4º colocação

De quebra, o Inter derrubou a invencibilidade de PC Gusmão no Campeonato Brasileiro

Jogando em casa, o Internacional contou com um gol de Edu para derrotar o Vasco da Gama por 1 a 0 neste domingo. A equipe gaúcha precisou segurar o bom momento dos cariocas no primeiro tempo, e Renan fez ótimas defesas antes de ser substituído.

De quebra, o Inter derrubou a invencibilidade de PC Gusmão no Campeonato Brasileiro, que não havia sido derrotado com Vasco e Ceará. O time carioca , que, além de perder a invencibilidade de 14 jogos na competição, chegou ao quarto jogo seguido sem vitória.

Com o resultado, o Inter segue entre os melhores colocados do Brasileiro, na quarta colocação, com 38 pontos. Já o Vasco está em 11º, com 29 pontos.

O jogo começou animado, com os dois goleiros precisando trabalhar desde cedo. Aos 5min, D"Alessandro cobrou falta e Fernando Prass saiu para defender. Oito minutos depois, Éder Luis recebeu bola dentro da área e chutou para a boa defesa de Renan.

O goleiro do Inter precisou aparecer bem novamente aos 17min, em finalização de Felipe Bastos que desviou na marcação. A pressão vascaína prosseguiu, com Renan salvando novamente aos 23min e aos 25min, em chutes de Fagner e Nilton, este último em cobrança de falta.

O Inter tinha dificuldade de sair do meio de campo, dando pouco trabalho à defesa carioca. Aos 27min, D"Alessandro driblou a marcação e chutou à esquerda do gol. O jogo ficou equilibrado, mas os gaúchos viram sua sorte diminuir aos 30min. Renan, que até então vinha salvando a equipe, se machucou em disputa com Dedé e precisou ser substituído cinco minutos depois.

D"Alessandro ameaçou o Vasco novamente aos 43min, em chute cruzado que fez Prass cometer ótima defesa. Três minutos depois, Pato Abbondanzieri, que entrou no lugar de Renan, fez intervenção em dois tempos após chute de Éder Luis.

Após o intervalo, o Inter precisou de apenas dois minutos para abrir o placar. D"Alessandro fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para Edu empurrar ao fundo das redes. Depois do gol, o Vasco passou a pressionar os gaúchos em busca do empate, mas enfrentaram mais dificuldade do que no primeiro tempo.

O técnico PC Gusmão resolveu então mexer. O inoperante Rafael Coelho deu lugar a Jonathan, enquanto Ramon, que voltou recentemente de lesão, saiu para a entrada de Max. Mas as alterações não deram resultado, e as únicas jogadas do time carioca eram os lançamentos para a área. Numa delas, Zé Roberto cruzou para Jonathan, que quase empatou.

Do outro lado, a equipe do técnico Celso Roth passou a fazer aquilo que não vinha conseguindo: tocar a bola. O Vasco, desorganizado, permitiu ao Inter tomar o controle da partida.

No final, PC Gusmão, que acabou expulso pelo árbitro Francisco Nascimento, deu sua cartada final, colocando o meia Jefferson no lugar do zagueiro Fernando. Não deu certo, e a equipe de São Januário chegou ao quarto jogo seguido sem vitória.

Fonte: Terra, www.terra.com.br