Internacional procura lateral-direito, e Nei diz: "Tem de buscar"

Internacional procura lateral-direito, e Nei diz: "Tem de buscar"

Nei diz que sua preocupação é ganhar títulos. Se tiver de perder espaço para isso, ele não liga. Não quer estorvar

Quem mais deveria se incomodar com a busca do Inter por um lateral-direito é Nei. Isso se ele se encaixasse dentro do estereótipo do boleiro comum. Mas o camisa 4 do time colorado, pelo menos em suas manifestações públicas, não dá sinais de ter decorado aquelas velhas frases políticas, que parecem nascer junto com uma parte (significativa) dos jogadores de futebol. Nei chama a atenção em sua opinião: se for para o Inter trazer um jogador, que o faça; se for para ele ir para a reserva, que vá, desde que o contratado seja melhor do que ele.

Nei diz que sua preocupação é ganhar títulos. Se tiver de perder espaço para isso, ele não liga. Não quer estorvar.

- Tem de buscar (um lateral). Quanto mais qualidade, melhor. Quero ser campeão. Quero jogar, mas quero títulos. Se for trazer um lateral para resolver, como dizem, que a torcida incentive e goste, vou estar tranquilo. Se for melhor do que eu, tudo bem. Não escuto o que vem de fora. Escuto o que o Falcão e meus companheiros falam. Se eles estão contentes comigo, é o que me importa ? disse Nei, acostumado às críticas nos últimos meses no Inter.

Nei diz que não gosta de elogios e não liga para críticas. É para a família dele que ele joga. É por eles que ele corre:

- Chego em casa, olho para minha mãe, olho para meu filho, e é para eles que tenho de ter força. Se for ligar para o que dizem, eu morro, mas comigo morre muita gente. É o Falcão quem escala o time. De fora, há torcedores que me contestam, mas também que me dão força.

Nei entende que os elogios e as críticas individuais são reflexo dos resultados do time. É por isso que ele minimiza a importância dos comentários.

- Quando ganha, todo mundo é bom. Na Libertadores, vieram falar que Nei tinha resolvido o problema na lateral, que o Inter não tinha lateral há não sei quanto tempo, blablablá. Não gosto de elogios. Também não ligo para críticas.

Depois de duas semanas afastado da equipe para curar as dores frequentes em seu joelho direito, Nei está de volta ao time. Ele será titular domingo, em Campo Grande, contra o América-MG.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com