Internacional reage e empata com o Atlético-GO

Após o segundo gol, o Inter passou a ter mais a posse de bola

O Internacional superou uma falha grotesca de sua defesa e arrancou empate por 2 a 2 com o Atlético-GO neste sábado, no Serra Dourada, na abertura da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado não foi bom para os dois times.

Enquanto os gaúchos, que tiveram vários desfalques, somam 51 pontos, são ultrapassados pelo arquirrival Grêmio e dão adeus ao sonho do título, os goianos somam apenas 37, um de vantagem para a zona do rebaixamento à Série B.

Empurrado pela torcida e pressionado após dois tropeços seguidos, que deixaram o time novamente ameaçado pelo descenso, o Atlético-GO partiu para cima do Inter e logo no primeiro minuto quase marcou através de Elias. O meia, que completou seu 100º jogo com a camisa rubro-negra, tocou na saída de Abbondanzieri e a bola saiu com perigo.

No entanto, foi só graças a uma falha bisonha da defesa colorada que os donos da casa abriram o placar. Aos 11min, Bolívar recuou a bola muito mal para o goleiro argentino, que só viu Juninho aproveitar e empurrar de carrinho para o gol vazio. Para tornar o lance ainda mais inusitado, o atacante se machucou ao balançar as redes.

A equipe gaúcha tentou responder. Após boa troca de passes, Andrezinho arriscou e obrigou Márcio a fazer boa defesa. Contudo, o Atlético-GO mantinha o duelo controlado, assustando principalmente em cruzamentos. Em um deles, Leandro Damião segurou Welton Felipe na área e o árbitro deu pênalti, convertido por Elias aos 22min.

Após o segundo gol, o Inter passou a ter mais a posse de bola, mas parou na marcação do rival e não conseguiu criar chances reais de gol. No intervalo, o técnico Celso Roth decidiu manter a equipe, enquanto René Simões trocou Victor Ferraz por Chiquinho. A equipe da casa, porém, seguiu em ritmo mais lento. E levou o primeiro golpe aos 10min.

Leandro Damião aproveitou cruzamento de Nei e descontou para os colorados, que, com Ilan na vaga de Rafael Sobis, passou a dominar o adversário, buscando a igualdade aos 26min. O árbitro desta vez viu pênalti de Welton Felipe em Leandro Damião após confusão na área. Giuliano cobrou rasteiro e venceu Márcio.

O Atlético-GO foi mais perigoso nos minutos finais, mas a falta de pontaria e defesas de Abbondanzieri evitaram o triunfo da equipe de René. Os dois times agora voltam a campo no próximo domingo. O Atlético-GO recebe o Palmeiras, enquanto o Internacional também joga em casa, diante do Avaí.

Fonte: Terra, www.terra.com.br