Inzaghi faz 2, mas Real Madrid empata no fim e frustra Milan

Inzaghi faz 2, mas Real Madrid empata no fim e frustra Milan

Com o resultado, o Milan chegou a cinco pontos, enquanto o Real se manteve na liderança com dez

O Real Madrid jogou bem e dominou o Milan nesta terça-feira, fora de casa, mas perdia até os 48min do segundo tempo graças a dois gols do veterano Filippo Inzaghi. No último minuto, porém, um gol de Pedro León definiu o empate por 2 a 2 pelo Grupo G da Liga dos Campeões.

Com o resultado, o Milan chegou a cinco pontos, enquanto o Real se manteve na liderança com dez. No outro jogo da chave, o Auxerre (três pontos) venceu por 2 a 1 o Ajax (quatro), com gols de Sammaritano e Langil; Alderweireld descontou.

Mesmo jogando em casa, o Milan se posicionou desde o início da partida para jogar no contra-ataque, deixando o Real dominar a posse de bola. Gattuso, Pirlo e Boateng formavam uma barreira à frente da zaga, enquanto Pato, Ronaldinho e Ibrahimovic ficavam isolados na frente, esperando lançamentos. Logo aos 3min, Higuaín recebeu de Özil no bico esquerdo da área e chutou no canto, mas Abbiati se esticou para salvar.

O time espanhol seguiu dominando e perdeu várias chances de abrir o placar. Aos 12min, Di María limpou Zambrotta e Nesta dentro da área, mas bateu pra fora. Sete minutos depois, uma sequência incrível: Pirlo salvou duas bolas consecutivas em cima da linha, em uma cabeçada de Higuaín e um chute de Di María.

Vigiado de perto por Gattuso, Cristiano Ronaldo aparecia pouco no jogo. A primeira chegada do Milan veio aos 22min, quando Ibrahimovic recebeu de Boateng e bateu em cima de Casillas, perdendo ótima chance. Aos 36min, o atacante sueco voltou a sair na cara do gol, mas errou ao tentar encobrir o goleiro do Real Madrid e mandou para fora.

O domínio dos espanhóis só se converteu em gol aos 44min. Di María carregou pela direita, trouxe para o meio e deu excelente passe para Higuaín dentro da área; o atacante dominou e chutou rápido no canto de Abbiati, sem chances para o goleiro do time da casa.

O Real continuou tranquilo na segunda etapa, e o técnico milanista Massimiliano Allegri tentou mudar as coisas aos 15min colocando Filippo Inzaghi no lugar de Ronaldinho, que fez partida muito apagada. O veterano italiano entrou com vontade, correndo atrás da bola e levantando a torcida; porém, sem Ronaldinho, o Milan ficou ainda mais dividido entre ataque e defesa, sem ninguém para fazer a ligação.

Mesmo sendo totalmente dominado, o time rubro-negro chegou ao empate com a estrela de Inzaghi, aos 23min. Após lançamento longo, Ibrahimovic aproveitou vacilo de Pepe, invadiu a área e cruzou errado; Casillas, que saía para cortar o lance, só conseguiu espalmar para cima, e Inzaghi apareceu na pequena área para cabecear para as redes.

O gol embalou o Milan, que passou a se lançar à frente para buscar a virada. E ele veio aos 33min, de novo com Inzaghi: o camisa 9 recebeu de Gattuso em posição clara de impedimento, mas a arbitragem não marcou nada e ele tocou na saída de Casillas, levando a torcida à loucura. No último minuto, porém, León garantiu o empate.

Fonte: Terra, www.terra.com.br