Irmão de lutador de MMA, "Bebezão" cai no choro ao ser preso por suspeita de tráfico

Na delegacia, ele negou que vendesse drogas e disse que é apenas usuário.

Um homem caiu no choro após ser preso por suspeita de tráfico de drogas na praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio. Marcelo de Tasso Coutinho Rodrigues, de 25 anos, conhecido como Bebezão, contou na delegacia, que pertence a uma família de classe média. O pai dele é funcionário da bolsa de valores e o irmão é lutador de MMA.

Bebezão caiu no choro ao lembrar de sua família e afirmou que foram as drogas que o levaram para o fundo do poço

? Eu sou um otário e os caras [os policiais] estão fazendo uma fantasia. Eu sou um superviciado, uma vergonha para o meiu pai e para a minha mãe. Meu irmão é lutador de vale-tudo e está lá fora. Eu tinha tudo para estar na carreira e as drogas me afundaram.

Além de Bebezão, Bruno Leonardo de Oliveira Queiroz, de 26 anos, também foi preso e um menor de idade foi apreendido. Bruno já tinha passagem pela polícia por roubo e Marcelo já havia sido preso por extorsão, receptação de veículos, lesão corporal e formação de quadrilha.

Com eles, a polícia encontrou 59 cápsulas de cocaína e quatro tabletes de maconha. Segundo a polícia, a droga era vendida em quiosques da orla.

Fonte: r7