Fator irregularidade preocupa Leão em clássicos do São Paulo

Com os quatro grandes entre os líderes do Paulistão, a segunda fase do torneio pode ser repleta de clássicos


Irregularidade do São Paulo nos clássicos preocupa o técnico Leão

Com os quatro grandes entre os líderes do Paulistão, a segunda fase do torneio pode ser repleta de clássicos. E é aí que mora a preocupação do técnico do São Paulo, Emerson Leão.

Nos duelos contra Corinthians e Palmeiras em 2012, a história foi a mesma: um time sem vibração e qualidade na etapa inicial, mas que sempre volta diferente para o segundo tempo.

Contra o Corinthians, a mudança de postura não foi suficiente para evitar a derrota por 1 a 0. Diante do Palmeiras, a equipe saiu de campo com o empate por 3 a 3, em Presidente Prudente. Para o técnico Emerson Leão, o fato preocupa.

? Nosso primeiro tempo foi muito mal. Taticamente, fomos muito mal. Os três setores estavam espaçados demais, o meio-campo do Palmeiras estava jogando solto atrás da nossa marcação. O Jadson sentiu o calor mais do que os outros, estava se movimentando pouco. E, quando não está bem, o melhor a fazer é mexer. Faltou comprometimento para fazer o que havia sido planejado ? afirmou o comandante são-paulino.

Leão acredita que isso vai melhorar a partir do momento em que ele conseguir fixar uma equipe titular, o que, devido ao excesso de lesões, tem sido impossível. Nas dez partidas do Tricolor no Paulistão, somente nas duas primeiras o treinador conseguiu repetir uma escalação.

? Prejudica demais. Jogadores importantes estão machucados (Luis Fabiano e Fabrício), outros sofreram lesões graves e vão demorar a retornar (casos de Rogério Ceni e Wellington). O time precisa ganhar conjunto para crescer de rendimento. Não há tempo para treinar e isso também atrapalha. Mas, apesar de todos os problemas, ninguém pode dizer que o time não luta. O nosso poder de reação tem sido maravilhoso ? ressaltou.

Pela fase de classificação, a equipe terá um novo clássico no dia 18 de março, contra o Santos, em duelo marcado para o estádio do Morumbi.

Fonte: GloboEsporte