Irritado, Léo evita polêmica e nega secar Timão contra Boca

Irritado, Léo evita polêmica e nega secar Timão contra Boca

Léo, no entanto, já se posicionou algumas vezes externando que não torceria favor do rival.

O lateral esquerdo Léo ficou irritado ao ser questionado se torceria para o Boca Juniors, da Argentina, adversário do Corinthians nesta quarta-feira, em jogo decisivo pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O veterano jogador, conhecido por declarações polêmicas, fugiu de novas provocações e respondeu que torcerá apenas para o Santos na final do Campeonato Paulista contra o rival neste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro.

"Vou torcer para o Santos no domingo", amenizou.

Léo, no entanto, já se posicionou algumas vezes externando que não torceria favor do rival. Recentemente, na final da Libertadores de 2012, contra o próprio Boca, após o rival eliminar o Santos na fase anterior.

"Se eu falasse que ia torcer para o Corinthians seria hipócrita e mentiroso. Não vou torcer para o Corinthians. No jogo de ontem (quarta-feira), na minha visão, ninguém jogou nada. Quem se comportar menos pior na próxima partida vai levar o título", afirmou à época.

O jogador deixou a sala de coletivas nervoso alegando que os repórteres tinham outras coisas para perguntar e ainda fez questão de amenizar a polêmica com o atacante Emerson, com quem se envolveu em uma troca de farpas em meio ao Mundial de Clubes, vencido pelo rival diante do Chelsea, da Inglaterra.

"O que passou, passou. Aquilo ali está acabado (desentendimento). Ele (Emerson) me tratou com muito respeito, assim como eu também o tratei. Trocamos camisas (na primeira final do Paulista) como profissionais que somos", argumentou.

Na ocasião, Léo irritou Emerson ao alfinetar sobre os prejuízos causados pela torcida corintiana durante o embarque para o Japão com dizendo que "quem está acostumado com rodoviária não pode ir a aeroporto". Posteriormente, disse que "secaria e muito" os arquirrivais na competição. O atacante respondeu por meio de seu Twitter oficial, dizendo que Léo só era "lembrado quando abre a boca suja para falar besteira" e após o título com gritos de "chupa, Léo".

Fonte: Terra