Itália erra pontaria, cede empate para Croácia e se complica por vaga na Eurocopa

Itália erra pontaria, cede empate para Croácia e se complica por vaga na Eurocopa

Ficou mais complicado para a Itália o objetivo de classificação às quartas de final.

Ficou mais complicado para a Itália o objetivo de classificação às quartas de final. Nesta quinta-feira, em Poznan, na Polônia, a equipe do técnico Cesar Prandelli abusou dos erros de finalização (especialmente com a dupla Antonio Cassano e Mario Balotelli) e cedeu o empate à Croácia. O resultado deixa os italianos com apenas dois pontos no Grupo C da Eurocopa

A Itália já havia empatado com a Espanha pelo mesmo resultado em sua estreia, e agora precisará vencer a Irlanda e torcer para que os espanhóis derrotem os croatas na última rodada para se classificar às quartas de final. Já a Croácia, que venceu a Irlanda no primeiro jogo, tem a dura missão de buscar sua vaga contra os atuais campeões da Espanha. Este panorama, porém, só ocorrerá caso o time de Vicente del Bosque vencer seu jogo nesta quinta.

O cenário vai se tornando similar ao ocorrido na Eurocopa de 2004. Na ocasião, a Itália empatou seus dois primeiros jogos pelo Grupo C contra Dinamarca (0 a 0) e Suécia (1 a 1). Na partida final, a equipe de Giovanni Trapattoni (atual técnico da Irlanda) venceu a Bulgária por 2 a 1, mas foi eliminada após as seleções escandinavas empataram por 2 a 2.

Pirlo abriu o placar para a Itália em bela cobrança de falta no final do primeiro tempo. Depois do intervalo, coube a Mandzukic, que já havia marcado duas vezes contra a Irlanda, a missão de igualar o placar e melhorar a situação de sua seleção na Eurocopa.

O jogo

A Itália iniciou o jogo demonstrando que teria uma postura diferente à apresentada na partida contra a Espanha, em que esperou o adversário e buscou o contra-ataque. Contra um adversário de nível mais baixo que os espanhóis, a equipe azul apresentou mais volume de jogo e mirou troca de passes para chegar ao gol da seleção dos Bálcãs.

O jogo era animado e com chances de gol para os dois times, sendo que a Croácia contava com o contra-ataque veloz. Aos 13min, Balotelli finalizou a partir da entrada da área e Pletikosa defendeu. A resposta croata veio sete minutos depois, em cruzamento perigoso de Srna para Jelavic que Buffon precisou defender em dois tempos.

A partir daí se iniciou uma série de chances perdidas pela Itália. Aos 32min, Cassano chutou cruzado à direita do gol. Quatro minutos depois, Marchisio fez grande jogada na área, viu Pletikosa defender o arremate e completou o rebote novamente nas mãos do goleiro croata. Aos 38min, enfim a bola entrou. Pirlo cobrou falta no canto esquerdo da área e acertou o canto direito de Pletikosa, que nada conseguiu fazer.

A partida voltou animada depois do intervalo, e a Croácia ficou perto do empate logo no primeiro minuto. Modric recebeu bola de Vokujevic, se livrou da marcação e chutou para a boa defesa de Buffon. A Itália, porém, era quem mais atacava, mas tropeçava na pontaria torta de Balotelli e Cassano.

Já a Croácia acertou a mira. Aos 26min, Vokujevic fez grande lançamento para Mandzukic, que dominou na falha de Chiellini para fuzilar o gol de Buffon. Após sofrer o empate, a Itália buscou sair para o ataque, mas tinha problemas de criação. Giovinco veio a campo no lugar de Cassano, mas pouco conseguiu colaborar para que saísse o gol da vitória.

Ficha técnica

ITÁLIA 1 x 1 CROÁCIA

Gols

ITÁLIA:

Pirlo, aos 38min do 1º tempo

CROÁCIA:

Mandzukic, aos 26min do 2º tempo

ITÁLIA: Buffon; Bonucci, De Rossi e Chiellini; Maggio, Marchisio, Pirlo, Motta (Montolivo) e Giaccherini; Cassano (Giovinco) e Balotelli (Di Natale)

Treinador: Cesare Prandelli

CROÁCIA: Pletikosa; Srna, Corluka, Schildenfeld e Strinic; Rakitic, Modric e Vukojevic; Perisic (Pranjic), Jelavic (Eduardo da Silva) e Mandzukic (Kranjcar)

Treinador: Slaven Bilic

Cartões amarelos

ITÁLIA: Motta e Montolivo

CROÁCIA: Schildenfeld

Árbitro

Howard Webb (ING)

Local

Stadion Miejski, em Poznan (POL)

Fonte: Terra