Joanna Maranhão é ouro nos 400mm medley em Moscou

Pernambucana vence os 400m medley e fica perto da melhor marca mundial

 A pernambucana Joanna Maranhão provou mais uma vez que está em ótima fase na final dos 400m medley da Copa do Mundo de Moscou, realizada neste sábado. A nadadora de 22 anos não deu chances às adversárias e garantiu a medalha de ouro com direito a recorde sul-americano e recorde do campeonato.

Desde as primeiras braçadas, Joanna impôs um forte ritmo para a prova e abriu grande vantagem no nado borboleta. Até mais da metade do percurso, a pernambucana nadou com quase um corpo de distância da linha do recorde mundial, mas, no nado peito, não conseguiu manter o ritmo e chegou em primeiro com o tempo de 4m26s98, menos de dois segundos da melhor marca do mundo: 4m25s06, da croata Mireia Belmonte.

O tempo, entretanto, foi suficiente para a brasileira bater o antigo recorde sul-americano (4m35s56, de Georgina Bardach) e o do campeonato (4m27s21, de Kathryn Meaklin). A sul-africana Kathryn Meaklin, ex-recordista do campeonato, terminou em segundo lugar com o tempo de 4m29s56. A russa Anastasia Ivanenko completou o pódio com 4m33s40.

Fonte: GloboEsporte