Joel diz que inicia Brasileiro sem time titular e mira Dudu Cearense

Joel diz que inicia Brasileiro sem time titular e mira Dudu Cearense

Técnico afirma que ideal seria trabalhar com grupo completo por, pelo menos, 15 dias antes da estreia

Nesta sexta-feira, Zinho será apresentado como novo diretor de futebol do Flamengo. Ibson é aguardado para a próxima segunda-feira. Joel Santana conversa com Dudu Cearense. E a diretoria segue em busca de reforços. A pouco mais de uma semana da estreia do Brasileirão, dia 19, contra o Sport, em Recife, o técnico rubro-negro admite que não terá o time considerado titular e vai ter de, a partir do esboço da equipe, conseguir o desenho final para a disputa da competição.

- Gostaríamos de contar com todos jogadores pelo menos 15 dias antes. Talvez vamos entrar no Brasileiro com uma equipe que não seja a que a gente vai considerar a titular ? afirmou Joel, ciente das dificuldades para contratar.

O treinador, porém, disse entender a dificuldade de definir algumas situações:

- Contratações não acontecem da noite para o dia. Existe uma questão financeira, não estamos com caixa para certos pagamentos. Mas eles (os reforços) vão chegar. Temos de trabalhar para entrar bem no Brasileiro.

Ao ser questionado sobre o tema e a declaração de Joel sobre o tempo ideal para trabalhar com os reforços, o vice-presidente de futebol, Paulo César Coutinho, se mostrou incomodado.

- Então, pergunta para o Joel. Não vou criar polêmica com o treinador.

Joel espera principalmente a chegada de um zagueiro e de um jogador que atue como primeiro volante.

Dudu Cearense na lista

Atualmente no Atlético-MG, Dudu Cearense chegou a conversar com Joel Santana pelo telefone na semana passada sobre um possível acerto com o Flamengo. A negociação ainda não evoluiu e envolveria também a saída de Junior Cesar em uma possível troca-troca.

Dudu não vinha sendo relacionado nem para o banco de reservas pelo técnico Cuca. Com Fellipe Soutto e Leandro Donizete vetados pelo departamento médico para a decisão do Campeonato Mineiro, o volante pode ser uma das opções do treinador do Galo para o segundo jogo da final diante do América-MG. Na primeira partida, ele entrou nos minutos finais.

Enquanto aguarda a chegada de reforços, o técnico ainda lamenta por ter sido apontado como culpado pelo fracasso do time na Libertadores e Carioca. Joel alega que pegou o time no meio do Carioca e Libertadores, e disse que não pode ser questionado por causa de dois jogos.

- Botaram na minha conta muito forte, só analisaram os resultados dos jogos. Quem paga é o treinador. Pegamos um grupo que fomos conhecer dentro das competições e, no fim, a conta sempre é do treinador. Em nenhum momento, a presidência me deixou em dúvida ou insegurança. Não posso colocar em dúvida o que eu sou e o que represento por causa de dois jogos em que a equipe não foi bem. Não posso ficar preocupado com uma situação dessas. Não vim por um acaso - completou Joel.

Fonte: Globo Esporte