Joel Santana pede ajuda à torcida do Bota

Técnico também reclamou do árbitro do empate de seu time com o Guarani por 1 a 1

O empate por 1 a 1 entre Botafogo e Guarani, no último domingo (18), foi a sexta partida sem vitória da equipe carioca, que ocupa a 15ª colocação do Campeonato Brasileiro, próximo da zona do rebaixamento. A situação delicada preocupa o técnico Joel Santana, que pediu apoio aos torcedores nos jogos realizados no Engenhão.

- Nesse momento, o que nós queremos é ajuda. Pedimos que os torcedores incentivem nossos jogadores, que venham nos prestigiar, para não sofrer no final da competição. Todas as equipes que vêm aqui se fecham e exploram nosso desespero. Temos de ter mais tranquilidade.

O treinador também reclamou da arbitragem do catarinense Célio Amorim, que deixou de marcar um pênalti sobre Jóbson, anulou um gol legal de Herrera e, segundo Joel, atrasou o jogo e prejudicou o Botafogo, que corria atrás da vitória.

- Não gostaria de comentar sobre arbitragem. Eles não têm critérios. Hoje, por exemplo, não teve jogo. Ele atrasou o jogo. Acho que gostou daquele negócio para marcar o chão [spray] e mandava voltar todas as faltas. Na única que ele deixou bater, o Jóbson perdeu o gol.

Na próxima rodada, o time carioca busca a recuperação contra o Palmeiras, no Pacaembu. A partida será na quinta-feira (22), às 21h (horário de Brasília).

Fonte: R7, www.r7.com