Jogador australiano fica entre a vida e a morte após bolada

A família de Phil Hughes emitiu um comunicado oficial dizendo que é pouco provável que o resultado da cirurgia seja conhecido entre as próximas 24 a 48 horas.

O atleta australiano Phillip Hughes, de 25 anos, luta por sua vida após um lance de extrema infelicidade durante uma partida de críquete, na Austrália. O lance aconteceu durante o confronto entre South Australia e New South Wales, nesta terça-feira. Hughes estava na posição de rebatedor quando foi atingido na lateral de seu rosto pela bola do jogo, arremessada por Sean Abbott. Apesar de usar capacete e todos os equipamentos próprios para segurança, o rebatedor desmaiou logo em seguida e foi levado ao hospital de St. Vincent, onde passou por uma cirurgia de emergência e está em coma induzido na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

No momento em que recebeu o impacto pela bolada, Phil Hughes colocou as mãos nos joelhos, parecendo estar tonto. Logo em seguida ele desabou no gramado, batendo com o rosto no chão. Seus companheiros de equipe, então, se aproximaram e pediram socorro imediato. Os paramédicos precisaram fazer respiração boca-a-boca e prestaram assistência durante 40 minutos até que o jogador fosse retirado de helicóptero e levado ao hospital.

A família de Phil Hughes emitiu um comunicado oficial dizendo que é pouco provável que o resultado da cirurgia seja conhecido entre as próximas 24 a 48 horas. Enquanto aguardam notícias sobre o estado de saúde do jogador, fãs e atletas de críquete se pronunciaram através das redes sociais para manifestar sua comoção com o incidente.

- Nossos pensamentos e orações estão com Phil e sua família. Ele é um grande lutador e um garoto ótimo - postou Darren Lehmann, treinador da seleção australiana de críquete.

- Triste ouvir sobre meu companheiro Hughsey. Pensamentos vão para ele e sua família. Fique forte, irmão! - publicou o jogador Peter Siddle.



Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte