Jogador do PSG é condenado a prisão por agredir policial em boate

Serge Aurier vai recorrer em liberdade

O lateral-direito marfinense Serge Aurier, do PSG, foi condenado nesta segunda-feira a dois meses de prisão por agressão a um policial quando deixava uma boate no mês de maio deste ano - ele também teve que pagar uma multa de 600 mil euros (cerca de R$ 2,2 milhões).

As informações foram confirmadas pela própria advogada do jogador, Claire Boutard de la Combe. 

A polícia informou que a confusão ocorreu pouco antes do amanhecer, após Aurier deixar uma boate na região de Champs Elysées, em Paris. "Estamos recorrendo. Serge Aurier contesta as afirmações, não é culpado e deve ser absolvido no recurso", disse a advogada.

Caso seja mantida a sua culpa, a pena de dois meses de prisão pode ser revertida em ações sociais.

Serge Aurier, do PSG (Crédito: Divulgação)
Serge Aurier, do PSG (Crédito: Divulgação)


Fonte: iG