Neymar é eleito melhor jogador do Paulistão

Neymar é eleito melhor jogador do Paulistão

Ao ter seu nome anunciado na festa, Neymar foi abraçado pelo também atacante Robinho

O atacante Neymar foi premiado nesta segunda-feira como o melhor jogador do Campeonato Paulista de 2010. A confirmação foi dada na festa organizada pela Federação Paulista de Futebol, e encerrou uma disputa "interna" no Santos, que tinha também o meia Paulo Henrique Ganso como nome forte na concorrência.

Ao ter seu nome anunciado na festa, Neymar foi abraçado pelo também atacante Robinho. Levantou-se, posou para fotos, dirigiu-se ao palco e recebeu o troféu das mãos de Marco Polo Del Nero, presidente da FPF. Na plateia, companheiros e torcedores erguiam faixas com o nome do clube.

A coroação de Neymar encerrou a festa que confirmou o domínio santista no Campeonato Paulista. No começo da cerimônia, um vídeo preparado pela Federação lembrou as voltas de jogadores que estavam no exterior. Iniciada com Ronaldo, que chegou ao Corinthians no fim de 2008, a homenagem contou ainda com Marcos Assunção (Grêmio Prudente, já no Palmeiras), Roberto Carlos (Corinthians), Danilo (Corinthians), Alex Silva (São Paulo), Cicinho (São Paulo), Ewerthon (Palmeiras) e Lincoln (Palmeiras).

Robinho foi o último a aparecer no vídeo, batizado como "Homenagem aos Craques que Retornaram aos Gramados do Estado de São Paulo". O craque santista, porém, foi muito comemorado no salão, com muitos aplausos dos presentes.

Posteriormente, Robinho foi eleito para a seleção do Campeonato Paulista. Assim como os demais eleitos, o atacante recebeu um troféu e um modelo da bola utilizada no torneio.

A equipe ideal divulgada na festa contou com Júlio César (Santo André); Wesley (Santos), Edu Dracena (Santos), Miranda (São Paulo) e Roberto Carlos (Corinthians); Arouca (Santos), Marcos Assunção (Grêmio Prudente) e Paulo Henrique Ganso (Santos); Neymar (Santos), Robinho (Santos) e Rodriguinho (Santo André). Para comandar a seleção do Paulista, Dorival Júnior foi o eleito.

Entre os escolhidos, Miranda, Roberto Carlos e Marcos Assunção não estiveram na cerimônia. O último, porém, enviou uma mensagem gravada, na qual agradeceu o prêmio. O Santo André, vice-campeão estadual, ainda ganhou os prêmios de Craque do Interior (Rodriguinho) e de Revelação (Bruno César).

As boas atuações andreenses, porém, não tiraram de Ricardo Bueno o prêmio de Artilheiro do Campeonato. Com 15 gols, o atacante do Oeste de Itápolis levou o prêmio da Federação na cerimônia. O goleiro Felipe, do Corinthians, foi o menos vazado da competição (12 gols em 14 jogos) e também foi premiado, mas está concentrado no jogo contra o Flamengo pela Libertadores e não compareceu.

A arbitragem também foi lembrada. E curiosamente, o árbitro que apitou o segundo jogo das finais não foi eleito o melhor - Sálvio Spínola Fagundes Filho, Maria Eliza Correia Barbosa e Daniel Paulo Ziolli ficaram com a segunda colocação. O melhor trio, segundo a FPF, foi o composto por Wilson Luiz Seneme, Emerson Augusto de Carvalho e Herman Brumel Vani, que não entraram em campo depois do clássico entre Corinthians e São Paulo no dia 28 de março, pela 17ª rodada.

Fonte: Terra