Crise: Jogadores do São Paulo são hostilizados e clube é notificado

Michel Bastos foi um dos jogadores que tiveram carros chutados

Após a derrota para o Goiás em casa e alguns jogadores terem sido hostilizados por torcedores na saída do estádio do Morumbi, e até mesmo terem seus carros chutados, como nos casos de Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos, o Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de São Paulo (Sapesp) notificou oficialmente o clube para aumentar a segurança de seu elenco.

No ofício encaminhado à direção do clube, a entidade cita “tentativa de agressão” como motivo para ter se manifestado, cobrando providências “em caráter de extrema urgência”.

Entre as solicitações do Sapesp, estão aumentar o efetivo de seguranças particulares durante o desempenho do trabalho dos jogadores, requisitar a presença da Polícia Militar nas dependências do clube e traslados do elenco e escolta particular até mesmo para os jogadores fazerem seus trajetos de casa até o clube, ou até os jogos.

Image title

Fonte: Esporte Interativo