Jogadores elegem Emerson Leão como pior técnico de 2012

Celso Roth, Argel Fucks e Felipão seguem na lista

O técnico Emerson Leão, que em 2012 passou por São Paulo e São Caetano, foi escolhido o pior treinador em atividade em pesquisa com 100 jogadores de 15 equipes do país.

Sob anonimato, atletas de São Paulo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Cruzeiro, Atlético-MG, Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, Grêmio, Internacional, Figueirense, Goiás e Vitória votaram em 13 quesitos, que serão publicados ao longo dos próximos dias em uma série com dez edições.

Leão teve 16% dos votos e ficou muito à frente do segundo colocado, Celso Roth, que terminou a temporada no Cruzeiro e teve 7% dos votos. Argel Fucks, que comandou o Figueirense no Campeonato Brasileiro, teve 5% e completou o pódio.

Novo técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari ficou na quarta posição, com 4% dos votos. O treinador participou da conquista da Copa do Brasil pelo Palmeiras e em boa parte da campanha que levou o time ao rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Hélio dos Anjos foi lembrado por 3% dos jogadores. Vagner Mancini, Alexandre Gallo e Estevam Soares tiveram 2% dos votos. Gerardo Reinoso (Uruguai), Leonardo, Mark Hughes, Felix Magath, Cristóvão Borges, Adilson Batista, Cuca, Fernandão, Roberval Davino, Falcão, Dorival Júnior e Sérgio Guedes tiveram 1% cada.

Na mesma pesquisa, na última semana, Abel Braga, do Fluminense, foi o preferido entre os jogadores brasileiro como o melhor treinador. Ele venceu com 38% dos votos. Muricy Ramalho, do Santos, foi o preferido de 19% dos entrevistados. Vanderlei Luxemburgo, do Grêmio, teve 9%, um a mais do que Tite, do Corinthians.

Na quinta colocação, uma surpresa entre os boleiros brasileiros: Pep Guardiola, ex-Barcelona e agora desempregado, com 6%. Outro estrangeiro vem logo a seguir: José Mourinho, do Real Madrid, com 5%. Osvaldo de Oliveira teve 3%. Cuca, Dorival Júnior e Ney Franco tiveram 2% da cada um. Luiz Felipe Scolari não teve nenhum voto.

Na última terça-feira, Leandro Pedro Vuaden foi escolhido o melhor árbitro do país pelos jogadores. Já Sandro Meira Ricci foi eleito o pior.

Na segunda, a mesma pesquisa mostrou que o São Paulo é o clube preferido dos jogadores do país para se jogar um dia. Teve 12%, apenas um a mais do que Corinthians e Botafogo, que vierem logo atrás, com 11% cada. Na votação, foi permitido que o atleta votasse no próprio time em que atua.

Na última sexta-feira, Muller foi escolhido o pior comentarista do país na opinião dos jogadores. O ex-atacante da seleção brasileira teve 35% dos votos, quase o triplo do segundo colocado, Neto, da TV Bandeirantes, que ficou com 12%.

Milton Leite foi eleito o melhor narrador, com 25% dos votos. Superou por pouco o companheiro global Cleber Machado, que teve 23%. Como comentarista, Caio Ribeiro deu uma lavada na concorrência e foi escolhido o melhor com 49%. O ex-jogador Junior teve 16%. Completando o pódio global, Casagrande ficou em terceiro, com 9%. Lédio Carmona, do Sportv, teve 7%.

Abel Braga, do Fluminense, foi o preferido entre os jogadores brasileiro como o melhor treinador de 2012. Ele venceu com 38% dos votos.

Na mesma pesquisa, Neymar foi eleito o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro, com 89% dos votos.

Já Fred foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro. Artilheiro da competição com 20 gols marcados, o atacante do Fluminense recebeu 27% dos votos, seguido muito de perto por Ronaldinho Gaúcho, com 23% e Neymar, com 19%.

Explica-se: o jogador do Santos participou apenas de 17 partidas das 38 da equipe no campeonato, e por isso não foi escolhido, apesar de ser o melhor do país na opinião dos companheiros.

Fonte: UOL